Conheça Pedro Gama, o Matsukaze da equipe KaBuM!

Foto: Divulgação

Esta semana conversamos com Pedro Gama, jogador profissional de League of Legends e integrante de uma das maiores equipes do game no Brasil, KaBuM! Falamos sobre vida pessoal, CBLoL, como e quando iniciou a jogar e ao final deixou mensagem para fãs.

 

Confira a seguir a entrevista exclusiva concedida ao Torcedores.com.

 

 

Torcedores.com: O que o incentivou a jogar? Já jogava outros games semelhantes ou foi indicação de amigos? 

 

Matsukaze: Eu já jogava DotA e HoN, ambos do mesmo gênero. Quando o LoL saiu, eu não achei muito interessante e fui procurar outros jogos. Quando eu vi que todos os meus amigos tinham migrado pro LoL, resolvi então dar uma chance pro jogo e gostei muito – a ponto de se tornar uma profissão.
Torcedores.com: Surgiram alguns boatos na internet sobre opção sexual dos jogadores de LoL, não ter namorada, vida social e etc. Como é lidar com os comentários na web? Interfere/interferiu em algum momento ou você sempre levou na esportiva? E mais uma, fica a critério responder ou não, está namorando alguém? 
Matsukaze: A melhor resposta é ignorar. Não adianta levar a sério comentários de cunho extremamente agressivo/negativo. Não faz bem para a saúde (rs). Para mim, esses comentários nunca interferiram em nada e, sobre namoro, eu não estou namorando.

 

Torcedores.com: A equipe estreou no ‘CBLoL’ na ultima sexta-feira com vitória frente ao Operation Kino, e no domingo venceu o Big Gods, e dormiu na liderança. Há uma responsabilidade e pressão para tentar mais essa conquista? 

 

 

Matsukaze: Não, diria que há uma pressão para manter a posição, mas perder a liderança ninguém do time quer – o que é um fator a mais para nos motivar. É mais uma questão de vontade e empenho de todos para superar as expectativas.
Torcedores.com: Daniel “Danagorn” tem demostrado experiência e surpreendido a todos, há uma pressão para ganhar a titularidade, na sua visão, ele estar pronto para ganhar titularidade? 
Matsukaze: Titular ele já é e não vejo o Dana se sentindo pressionado para nada. O que ele foca neste momento é a enorme motivação para provar que ainda é um jungler de altíssimo nível.

Torcedores.com: Antes de finalizar, muito obrigado por responder as perguntas e queria que você deixasse duas mensagens: uma para os seguidores/admiradores e outra para os haters. 

 

Matsukaze:  Eu que agradeço! Para os fãs, obrigado pelo apoio e por continuarem torcendo. Para os haters, amo muito vocês!
Fica aqui meus agradecimentos a equipe KaBuM!, Pedro Gama e a Emeline pelo apoio e disponibilidade na qual pudemos realizar a entrevista. 

 



Apaixonado por futebol, amante da Fórmula 1, comentarista político quando necessário e peladeiro sempre.