Bernardinho corta três atletas da Seleção Masculina de Vôlei

Crédito da Foto: Reprodução/Facebook oficial da CBV

Apenas quatro semanas de treinamento foram suficientes para o técnico Bernardinho optar por diminuir a lista dos convocados para defender a Seleção Masculina de Vôlei na Liga Mundial e uma sequência de amistosos antes de divulgar o time que vai defender o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016. O levantador Rapha, o ponteiro Lucas Loh e o oposto Wallace Martins foram os escolhidos.

LEIA MAIS:
Confira as últimas notícias sobre Vôlei

Depois de fazer uma boa temporada pelo Vôlei Brasil Kirin e se transferir para o Taubaté/FUNVIC, Loh estava confiante que representaria o país no megaevento esportivo. Nas redes sociais, o ponteiro lamentou o corte e afirmou estar surpreso com a decisão.

“Com grande surpresa recebi hoje a notícia do meu corte da seleção. Nesse ano, cheguei ao grupo com um sentimento diferente. Minha convocação fora fruto de uma temporada única para mim. Em Campinas, me dediquei e me entreguei completamente com um alvo nítido e caminho muito bem planejado: ajudar o time da cidade a chegar em um patamar ainda não alcançado e jogar de uma maneira para que não restassem dúvidas de que eu tinha condições e merecesse me fixar em uma vaga desse time que jogará as Olimpíadas. Trabalho técnico, físico, psicológico, nutricional… Todos mirando o meu grande sonho, nunca esperei nada de graça. Cheguei no grupo com uma sensação diferente de outros anos, agora estava ainda mais pronto para brigar de igual para igual com qualquer um da minha posição, mais confiante do que nunca. Estou certo de que atingi os objetivos estabelecidos que citei em Campinas, mas quem decidiria isso não era eu. Saio de cabeça erguida. Desde a eliminação na última Liga Mundial fiz tudo o que estava ao meu alcance e mais um pouco, sem esmorecer. Agradeço a Deus e a oportunidade que me foi dada. Agora desejo sorte e sucesso aos amigos da seleção. Alguns, verdadeiros irmãos que com certeza me representarão dentro de quadra. Um abraço a todos, Deus é justo”, escreveu.

A equipe de Bernardinho agora conta com 16 jogadores. O próximos compromissos da Seleção serão amistosos contra Eslovênia e Argentina e a estreia na Liga Mundial, a partir da segunda semana de junho.