Após festa pelo hexa, Alisson volta ao gramado e tem despedida emocionante do Inter

Ricardo Duarte/S. C. Internacional

Enquanto os companheiros comemoravam o hexa do Campeonato Gaúcho, após vitória por 3 a 0 sobre o Juventude no Beira-Rio, o goleiro Alisson, do Internacional, pregou uma atitude diferente e que certamente emocionou a todos os torcedores colorados. Após receber a taça de campeão estadual, o goleiro voltou ao gramado e se escorou numa das traves, numa espécie de despedida do Colorado e do estádio que o abrigou desde as categorias de base.

LEIA TAMBÉM:
Inter hexacampeão: torcida comemora e tira sarro do arquirrival Grêmio na web

Parecendo perdido em seus pensamentos, Alisson começou a chorar e recebeu, em seguida, a companhia do irmão Muriel. Depois, dos sobrinhos, e daí as lágrimas se transformaram em sorriso. O goleiro, hoje titular da seleção brasileira, rumará à Itália para defender a Roma no segundo semestre – começo da temporada 2016/17 na Europa – após ser vendido por cerca de € 7,5 milhões (cerca de R$ 32,5 milhões).

Mas enquanto a hora do adeus ainda não chega, Alisson quer curtir as últimas oportunidades e atuar no início do Brasileirão, enquanto Danilo Fernandes se adapta ao Beira-Rio. A conquista do Gauchão, de qualquer maneira, serve como um marco para se orgulhar dos 15 anos vividos no Beira-Rio.

“Aproveitar cada minuto. Está chegando… Mas estou muito feliz com o que estou vivendo. É bom aproveitar cada segundo. As pessoas que eu falo, as mais velhas sempre me aconselham a aproveitar os momentos. Eu aproveitei. É um misto de sentimentos, mas é alegria. Não tem tristeza. O choro é de alegria, de satisfação. De saber que eu vou sentir saudades porque… Não dá para falar”, explicou o jovem de 23 anos, entre lágrimas.

De acordo com o próprio Alisson, a participação nos jogos contra Chapecoense e São Paulo pelo início do Campeonato Brasileiro será uma decisão do técnico Argel Fucks. O presidente do clube, Vitório Piffero, assegurou à Rádio Gaúcha que Danilo Fernandes, ex-Sport, chegará a Porto Alegre já nessa segunda-feira.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.