Análise: Em quais posições o Corinthians precisa de reforços para fazer bonito no Brasileirão?

Arte/Torcedores.com

Eliminado no Paulistão e na Copa Libertadores, o Corinthians não possui mais chances de conquistas no primeiro semestre e agora foca as suas atenções para tentar buscar o heptacampeonato brasileiro no final do ano. Embora não tenha um elenco ruim, o alvinegro precisa de alguns reforços pontuais para fazer bonito no Brasileirão. A diretoria já avisou que vai trazer novos nomes.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Fernando Diniz nega acerto de Bruno Paulo e Camacho com o Corinthians 
Tite defende André após pênalti perdido e cita ídolo do Palmeiras 

O volante Camacho e o atacante Bruno Paulo, ambos destaques da sensação Osasco Audax no Paulistão, devem ser oficializados como reforços no início desta semana.

O Corinthians precisa de um zagueiro já que possui chances reais de perder Felipe para o futebol europeu a partir do segundo semestre. Balbuena, hoje reserva, vai perder algumas rodadas já que defenderá a seleção paraguaia na Copa América Centenário, em junho, nos Estados Unidos. O veterano Vilson não inspira confiança. Pedro Henrique ainda é imaturo.

O Corinthians sofreu com a falta de um meia de criação nas primeiras competições da temporada. Rodriguinho e Guilherme foram testados e não deram conta do recado. Jadson, negociado com o futebol chinês ao final da temporada passada, fez muita falta. A contratação de um reforço para a posição é fundamental. O que pesa contra é a falta de verba para grandes investimentos. No Brasil, há poucos nomes interessantes.

O ataque DEVE ser prioridade. Contratado em fevereiro, André mostrou que não é goleador e tirou a fiel do sério ao desperdiçar cobrança de pênalti na eliminação para o Nacional-URU na Libertadores. A equipe precisa voltar a ter um artilheiro de respeito e que chegue para ser titular. Não será fácil conseguir um grande nome devido ao cenário financeiro desfavorável.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)