8 coisas que o São Paulo precisa fazer para avançar à semifinal da Libertadores

Mercado da Bola
Crédito de imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Nas próximas duas semanas, o São Paulo vai duelar contra o Atlético-MG por uma vaga nas semifinais da Copa Libertadores. Apesar da grande classificação às quartas, o Tricolor não inspira confiança ao seu torcedor. Existe a dúvida de qual é o verdadeiro time do São Paulo? O que bateu no River Plate, goleou o Trujillanos e Toluca? Ou o que perdeu para Audax Osasco, São Bernardo e The Strongest?

LEIA MAIS:
SAIBA QUANTO O SÃO PAULO FATURA COM AS OITAVAS DE FINAL DA COPA LIBERTADORES                                      MICHEL BASTOS TEM EDEMAETECTADO E VIRA INCERTEZA NO SÃO PAULO PARA DUELO COM O GALO
OPINIÃO: DENIS COMEÇA A CRIAR PROBLEMAS NO GRUPO POR PERDER BRAÇADEIRA

Para vencer a equipe mineira bem armada de Diego Aguirre, o técnico Edgardo Bauza tem oito missões para ajustar o time, bater o time mineiro e ir às semifinais. Veja a lista que o Torcedores.com elaborou para auxiliar o time do Morumbi:

1 – Espírito de equipe: o time parece atuar cada um por si e Deus por todos. Bauza precisa unir o grupo, aparar as arestas e mostrar quem é que manda. Tem muito jogador falando e fazendo pouco. Agora é a hora de todos terem o mesmo pensamento em prol da classificação da equipe e trabalhar em equipe.

2 – Denis precisa assumir seus erros: o arqueiro tricolor vem sendo crucificado porque não assume seus erros. Sempre alguém é o grande culpado pelos gols sofridos. Chega, precisa bater no peito, chamar a responsabilidade pra cima, assumir os erros e passar confiança. Sete anos na reserva do Rogério Ceni não foram suficientes para conhecer o São Paulo? Então, o que precisa?

3 – Ganso precisa ser titular: desde sua chegada ao Tricolor, Paulo Henrique Ganso vive sua melhor fase em 2016. O jogador é um meio-campista de extrema habilidade, com passes desconcertantes, visão de jogo apurada, chutes precisos e capaz de criar lances geniais em momentos de desespero. É um maestro. Um autêntico camisa 10. Tem capacidade de acabar com um jogo numa bola. Não pode ser reserva.

4 – Ajuste defensivo pelo lado esquerdo: O Atlético-MG tem fortes jogadas pelo lado direito de campo, o esquerdo do Tricolor. Marcos Rocha, Carlos e Rafael Carioca fazem boas trocas de passes, triangulações com Lucas Pratto e passes em profundidade para o centroavante. Mena não é um excelente marcador. Bauza precisa fazer Michel Bastos correr com Marcos Rocha e Hudson fechar como homem da sobra para evitar sustos.

5 – Fator Robinho: o jogador não vive grande fase em sua carreira. É um atacante que podemos chamar de “cavalo cansado”, mas cresce em decisões. E sempre é destaque em partidas contra o Tricolor. Jogando pelo lado esquerdo de campo, Robinho vai abusar dos dribles curtos, arranques do bico da área para dentro, buscar espaço para chutes colocados e causar pra cima do lateral-direito Bruno. Ele vai precisar de auxilio na marcação do atacante, já que Maicon vai pegar Pratto e Carlos ficará a cargo de Rodrigo Caio.

6 – Equilíbrio emocional: O time de Bauza sente bastante os gols que vem sofrendo e quase não reage de imediato. É preciso mudar de postura, aprender a agredir a defesa adversária e trocar passes de forma objetiva. Ficar rodando a bola de um lado para o outro só vai fazer a defesa mineira ter tempo para se recompor. O placar do jogo da volta contra o Toluca é um bom jogo para assistir e ver os erros.

7 – Organização tática: o que realmente falta ao São Paulo é consistência tática. A equipe aparece desorganizada dentro de campo. Ora tem zagueiro no ataque, meio campista como lateral e atacante como volante.

8 – Posicionamento de Rodrigo Caio e Maicon: a dupla de zaga do São Paulo vive tomando bola nas costas. É incrível como os atacantes escapam com facilidade em jogadas individuais ou marcam gols em lances que a dupla considera perdida. Os dois precisam se ajustar, decidir quem é o homem do primeiro bote e combinar quem é de quem.

O que você acha que o São Paulo precisa melhorar? Deixe sua opinião no campo de comentários.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.