5 reservas que podem render mais que os titulares no Corinthians

5 reservas que poder ser titulares no Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Apesar das poucas derrotas na temporada, o Corinthians não faz um bom começo de ano. Nas duas competições que participou até aqui, as boas campanhas de nada valeram e culminaram em eliminações dentro da própria casa. A última, contra o Nacional pela Copa Libertadores trouxe a dúvida se era necessária uma reformulação no elenco. Ainda com dúvidas em algumas posições, Tite pode sim encontrar a solução ao alcance das mãos.

LEIA MAIS:
CORINTHIANS X NACIONAL: VEJA OS GOLS DA ELIMINAÇÃO CORINTIANA
CORINTHIANS X NACIONAL: CÁSSIO E ANDRÉ GERAM REVOLTA CORINTIANA NA WEB

A eliminação para o Osasco Audax nos pênaltis pelo Campeonato Paulista e a queda precoce para o time uruguaio gerou diversas dúvidas na cabeça da imprensa e da torcida. É de se pensar então que para o comissão técnica do Corinthians ainda haja algumas dúvidas a respeito do time ideal.

Longe de ter os donos de cada posição como no time campeão brasileiro de 2015, alguns torcedores até pedem por reforços, mas outros insistem na saída de alguns jogadores. Veja então cinco peças do elenco corintiano que podem brigar pelo posto de titular na equipe alvinegra, dando segurança e alegria para Tite e toda torcida.

WALTER – As recentes falhas de Cássio não tem deixado a torcida do Corinthians contente. Na última partida pela Libertadores, foram dois gols originados após rebotes dos goleiros, que por falta de sorte (ou de qualidade, como garante alguns) deixou a bola sobrar no pé dos adversários. Walter sempre foi a primeira opção no banco de reservas do timão, e sempre que entrou mostrou segurança para a torcida. Sua principal partida foi contra o Grêmio em 2013 pela Copa de Brasil, quando mesmo eliminado nos pênaltis, pegou duas cobranças da equipe gaúcha.

BALBUENA – O zagueiro da seleção paraguaia é um verdadeiro xerife na defesa. Rápido ganhou a simpatia da fiel, com partidas seguras, grandes roubos de bola e um excelente jogo aéreo. Felipe é incontestável na posição, mas Yago, garoto da base corintiana que assumiu o lugar de Gil, ainda não tem a cadeira cativa.

MAYCON – Um dos poucos jogadores da base do Corinthians aproveitados por Tite em suas passagens pelo time, já conquistou a confiança do treinador com sua personalidade, amadurecimento e boas partidas. Destaque do timãozinho na Copa São Paulo desse ano, subiu para o profissional e fez excelente partidas substituindo Elias e Rodriguinho. Num esquema mais ofensivo, pode atuar na posição de Bruno Henrique, jogando ao lado de Elias. Numa provável saída do volante da seleção no meio do ano, jogaria mais adiantado, carimbando sua vaga.

MARLONE – Dono da camisa 8 que antes era de Renato Augusto, o jogador foi destaque no Brasileirão passado pelo Sport de Recife. A expectativa sobre ele foi grande, mas logo no começo da temporada uma lesão o afastou dos gramados, mas sua volta não podia ser melhor. Foram dois gols, um deles digno de placa. A irregularidade de Lucca abre uma brecha para o meia-atacante, que pode render bem pelas beiradas do campo.

ROMERO – O paraguaio foi de desconfiado para xodó da torcida do Corinthians. A fiel se encantou com os três gols contra o São Paulo na histórica goleada por 6 a 1 no ano passado. Em 2016, o atacante começou no mesmo ritmo, sendo o artilheiro do time na temporada até então. Os jogos ruins do centroavante André, as falhas de finalização e o trágico pênalti perdido na segunda partida contra o Nacional, fez com que muitos pedissem o afastamento do camisa 9. Romero seria a melhor opção no momento.



Jornalista formado pela USCS, apaixonado por esportes, cultura e comunicação. Ex-atleta em atividade, pensa que sabe algo sobre futebol, handebol e esportes americanos.