4 Dias para a Final da UEFA Champions League: Os Protagonistas

Reprodução / Youtube

Estamos chegando perto do grande dia do futebol mundial em 2016, a grande decisão da UEFA Champions League entre com o clássico de Madrid. Real e Atlético farão o duelo decisivo no San Siro (Milão) e o “mundo irá parar” para acompanhar a decisão.

Um evento especial merece uma atenção especial, e por isso, o Torcedores.com fará uma cobertura intensa nesta semana até o pós-dia da grande decisão do futebol mundial. E uma parte desta cobertura está neste especial, que está desde ontem (23), e seguirá nos próximos 4 dias, trazendo detalhes e curiosidades que cercam este gigantesco evento dentro e fora das quatro linhas e que se expande muito além da Europa. Neste segundo texto, falemos dos protagonistas de ambos os times, e possivelmente um deles será o protagonista da decisão.

Em qualquer decisão esportiva é normal esperarmos sempre pelo protagonismo de alguém, não apenas nos esportes individuais mas também nos esportes coletivos, quando temos sempre um indivíduo que se destaca dentre os demais de forma positiva (e de forma negativa também. No futebol não é diferente, sempre esperamos ver de um jogador o “poder de decisão”, aquele que não teme grandes responsabilidades e decide jogos históricos como uma final de UEFA Champions League.

Na decisão do próximo sábado (28), poderemos analisar os elencos de ambos os times e apontarmos diversos jogadores com potencial de decisão, tanto no lado do Real Madrid, quanto do Atlético de Madrid, e não apenas no ataque, mas na defesa e no gol também.

Real Madrid

Cristiano Ronaldo: Talvez as maiores expectativas de um talento individual estejam sendo depositadas no craque português do Real Madrid. Um dos maiores jogadores do mundo, o atacante português Cristiano Ronaldo está preparado para ser o diferencial. Sempre oportunista, CR7 é artilheiro isolado da atual edição da UCL com 16 gols, 7 a mais que o segundo colocado (Levandowski, do eliminado Bayern de Munique). Além de goleador, Cristiano Ronaldo mostra-se participativo. Foram 63 chutes durante toda a competição, sendo 14 deles dentro da grande área. Mesmo sendo atacante, busca o confronto, tendo vencido 12 duelos aéreos pela bola e 36 no geral. Se o goleiro Navas for superado, CR7 pode ainda poderá salvar a equipe, pois já fez isso 6 vezes durante a atual temporada. Com a precisão de 83% de passes concluídos, fica evidente que Cristiano Ronaldo tem grande potencial de ter o protagonismo na decisão.

Gareth Bale: Não há dúvidas de que o galês era mais decisivo no Tottenham, pois era o protagonista do time, mas o jogador demonstrou muito amadurecimento desde que se transferiu para o Real Madrid, e não por menos, faz parte de uma peça importante da equipe merengue. Foram 7 jogos disputados durante a UCL, com 39 disputas de bola vencidas, mostrando ser participativo. O meio-campista já arriscou 18 gols pelo time, mas apenas 4 deles foram para o gol, e nenhum convertido. Mas pelo menos é participativo e seguro em sua função, vencendo disputas de posse e 86% nas precisões de passe.

Keylor Navas: Tão importante como Cristiano Ronaldo para o Real Madrid, Keylor Navas pode assumir o protagonismo do jogo sem ao menos dar uma assistência ou uma finalização. Sua segurança no gol da equipe e suas 11 defesas difíceis durante os 900 minutos em campo fazem parte da classificação do Real Madrid rumo a decisão. Um aspecto a melhorar é o aproveitamento de passes (64%), mas mesmo assim o goleiro se mantém um dos destaques positivos da equipe.

Sergio Ramos: E o que dizer do espanhol Sergio Ramos? Um autentico zagueiro aos seus 30 anos, um dos melhores jogadores do Real Madrid na temporada, colaborando muito com as boas campanhas do time. Apenas na UEFA Champions League foram 52 duelos de posse vencidos e 21 desarmes feitos. Na defesa, participou de 24 disputas de bola, os quais 19 obteve sucesso. Foram incríveis 33 gols evitados. Além de ser um ponto seguro do time, Sergio Ramos tem um aproveitamento de 89%, mostrando que também sabe muito armar jogadas de ataque.

Atlético de Madrid

Antoine Griezmann: O atacante francês que tem potencial para fazer frente a CR7. Um dos goleadores do Atlético de Madrid chega com toda sua técnica e raça para fazer frente ao ataque adversário. Na parte da técnica, ressaltamos seus 7 gols marcados em 22 finalizações ao gol e sua precisão de 81% nos passes. Na parte da raça, podemos ressaltar uma estatística interessante. Griezmann venceu 57 duelos em campo durante toda a competição e venceu 11 disputas de bola, além de 24 desarmes, mostrando ser um jogador completo, que vai além de um atacante. E por isso enfrentá-lo sempre é uma tarefa complicada.

Fernando Torres: O já conhecido jogador espanhol pode ser decisivo a qualquer momento, por tudo que o mesmo já proporcionou para os fãs de futebol. Fato mesmo é que o jogador foi reserva em 6 das 11 partidas na atual temporada da Champions League. Fez um gol durante toda a competição (dentro da área com pé direito) e chutou 7 vezes ao gol. Distribuiu 95 passes aos seus jogadores mas apenas 67% deles foram bem sucedidos. Ou seja, citamos Fernando Torres por esperar que este jogo possa ser uma grande decisão para ele, que já não é mais o mesmo dentro das quatro linhas, mas ainda assim tem técnica superior a alguns de seus adversários.

Diego Godín: Um dos grandes e importantes nomes da equipe do Atlético de Madrid. Furar a defesa de Godín é sempre um verdadeiro “inferno” para qualquer jogador adversário. Sua movimentação e esperteza nos momentos mais complicados demonstram isso de ações ofensivas da equipe rival demonstram isso. Nos duelos em campo, um número expressivo de 72 deles vencidos. 37 desarmes bem sucedidos, 23/30 disputas de bola vencidas e um fantástico número de 71 gols evitados durante toda a competição. Não se preocupar com uma forma de anular Godín pode ser um erro fatal para qualquer equipe que for enfrentá-lo.

Juanfran: Aparentemente o jogador espanhol não esbanja tanta técnica como alguns de seus rivais e companheiros de equipe, mas o defensor de 31 anos está sempre presente nas jogadas e tenta ser o mais participativo possível das ações defensivas da partida. Em 11 partidas, 11 gols evitados, e 17 das 19 disputas pela posse vencidas. Na ação do jogo foram 20 desarmes feitos pelo jogador durante a temporada.

Estes foram apenas alguns dos jogadores que estarão em campo e que podem ser protagonistas da decisão. Mas a resposta será descoberta mesma no próximo sábado (28), a partir das 15h45 (horário de Brasília). Pode ser que o “jogador da partida” não seja nenhum dos citados acima, afinal, estamos falando do futebol, o esporte mais improvável do planeta.


Especial “Final da UEFA Champions League”

 5. O Evento

 4. Os Protagonistas

 3. A Rivalidade

 2. Os Times

 1. O Jogo



Apaixonado por esportes e pelo jornalismo. Grande seguidor do futebol, do automobilismo, dos esportes americanos e fã incondicional da NFL.