Especial: Mãe e atleta Tandara brilha no vôlei

Créditos da foto: Reprodução/Instagram

Filha de ex-jogador da Associação Atlética Banco do Brasil, Tandara Caixeta se apaixonou pelo esporte aos nove anos, quando participou de uma peneira de vôlei e nunca mais deixou a profissão.

Ouro nos jogos Pan-Americanos de Guadalajara em 2011 e ouro nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, Tandara hoje é atleta do Minas Clube, mas nem tudo são flores no caminho da mãe da Maria Clara, que no momento mais deliciado da carreira não pôde contar com a equipe que até então defendia.

Tandara descobriu que estava grávida em meio a disputa da SuperLiga 2014-2015 quando tinha contrato com o Praia Clube. A gravidez não planejada, não impediu que a atleta seguisse atuando pelo Praia Clube e falou na época, que recebeu apoio do técnico da seleção brasileira, José Roberto Guimarães.

Após a eliminação do Praia Clube na SuperLiga, Tandara foi demitida mesmo estando grávida e entrou na Justiça para receber seus direitos trabalhistas. Assinou contrato com o Camponesa/Minas e voltou às quadras 36 dias após o parto.

Maria Clara é fruto da união de Tandara com o também jogador de vôlei, Cleber de Oliveira. Nasceu no dia 13 de setembro de 2015 de parto humanizado na casa da atleta, o que facilitou ainda mais a recuperação da jogadora que logo voltou aos treinos na nova equipe em Minas.

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Tandara está entre as pré-convocadas de José Roberto e provavelmente estará na lista das 12 jogadoras que disputarão as Olimpíadas no Rio, e treina muito para disputar o ouro novamente. Antes dos jogos no Rio, a seleção disputará o Grand Prix que terá os jogos no Brasil, China, Turquia e Tailândia no mês de junho.

Nesse período, é provável que o maior adversário da atleta seja driblar a saudade de Maria Clara, processo difícil de todas as mamães do esporte, que se esforçam para cada dia conquistar seu lugar no esporte e no coração dos filhos que por diversas vezes não têm o contato diário mas que têm motivos de sobra para se orgulhar em ter uma mãe atleta.

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram