Vettel garante que Ferrari estará brigando contra a Mercedes na China

Embora a Ferrari tenha registrado problemas de confiabilidade nas duas primeiras corridas de 2016, Sebastian Vettel avalia que o time de Maranello poderá travar uma dura luta com a Mercedes neste final de semana, quando teremos o GP da China, na pista de Xangai as 4h de domingo (17).

O tetracampeão mundial garante que os problemas não o afetam e que está determinado a buscar um bom resultado no traçado chinês.

“A performance ainda não é o que gostaríamos o que fosse, então podemos dizer que há alguns pontos negativos. Mas não tem nada que me abale ou me deixe nervoso para esta temporada ou para as próximas corridas, porque eu sei que este time é muito forte e sei que podemos melhorar bastante, então sei que o potencial está lá”, disse.

“É só uma questão de reunir todos os ingredientes, o que esperamos que aconteça em breve, mas tenho certeza de que vai acontecer e que estaremos em uma posição forte para lutar duro com a Mercedes este ano”, comentou.

Sobre o abandono no deserto do Sakhir, Vettel diz que o conjunto de circunstancias explicam o abandono antes da largada, situação que o privou de brigar por pontos na etapa passada.

“Acho que nós entendemos. Não sou especialista em motor, mas, pelo que me explicaram, foi uma combinação rara de circunstâncias. E isso gerou um grande problema no fim. A consequência foi enorme, o que é uma pena. Acontece e agora temos de lidar com isso. Não acho que seja um grande problema. Não muda nada para mim”, comentou.

“Obviamente, nós temos um novo motor, mas temos muitas corridas pela frente. Vai ser uma longa temporada, temos de ir passo a passo e ver como vai ser”, encerrou.

Foto: Reprodução Twitter