Especulado no Milan, técnico renova com Sassuolo

Divulgação/Site oficial Sassuolo

O Sassuolo anunciou nesta quinta-feira a renovação do contrato do técnico Eusebio Di Francesco até 2019. O comandante dos neroverdi aparecia como um dos cotados para assumir o Milan na próxima temporada.

LEIA MAIS:

Mercado da bola: Alvo do Inter, Quintero é devolvido ao Porto

Mercado da bola 2016: Benfica sonda alvo do Santos

Mercado da bola: Alemão entra na mira de grandes europeus

Pepe Reina ganha homenagem de crianças da Tanzânia; Veja

Opinião: Como é bom ter um ídolo para amar. Obrigado, Totti

O atual sétimo colocado do Campeonato Italiano publicou um comunicado em seu site oficial anunciando a novidade. O antigo acordo com Di Francesco era válido até 2017.

“O Sassuolo Calcio renovou o contrato com o técnico Eusebio Di Francesco, estendendo sua validade para junho de 2019. O acerto ficou de acordo com a vontade de ambos prosseguirem com o processo de crescimento do clube nos últimos quatro anos, e com a convicção de o clube ser tornar protagonista no futuro. O projeto continua. Juntos, para crescer e melhorar. Força, Sasol”, disse a nota.

Em sua conta oficial no Twitter, a equipe neroverde publicou um vídeo mostrando o encontro do técnico com o diretor geral, Giovanni Carnevali, e a assinatura do documento.

Ex-meia de Empoli, Roma e Piacenza, Di Francesco assumiu o comando do Sassuolo em 2012, quando o time ainda estava na Série B italiana. Naquela temporada, o treinador levou o clube à elite do futebol do país pela primeira vez em sua história.

Em janeiro de 2014, o técnico foi demitido, mas acabou sendo levado de volta ao posto dois meses depois. No final do campeonato, o Sassuolo ficou em 17º lugar e se manteve na Série A.

Já em 2014/2015, os neroverdi terminaram na 12º posição e continuaram a evolução na atual edição do Italiano, quando brigam por uma vaga na Liga Europa.

O desempenho de Di Francesco fez com que a imprensa local o colocasse na lista de candidatos ao comando do Milan após a demissão do sérvio Sinisa Mihajlovic. O ex-volante Christian Brocchi foi nomeado técnico dos rossoneri até o fim do Italiano e o clube ainda não confirmou se ele continuará na próxima temporada.