São Paulo encara a altitude e o Strongest pela classificação

Crédito da foto: Facebook Oficial do São Paulo

O Tricolor entrará em campo na noite de hoje (21/04) com a classificação nas mãos: basta não sofrer gols e a vaga estará garantida, o empate classifica o time brasileiro. O problema é que o São Paulo sofreu gols em todos os jogos que atuou como visitante este ano, enquanto o Strongest fez gols nos últimos 17 jogos realizados em seus domínios pela Libertadores.

LEIA MAIS:
THE STRONGEST X SÃO PAULO: SAIBA COMO ASSISTIR AO JOGO AO VIVO NA TV
OPINIÃO: DENIS É GOLEIRO PARA O SÃO PAULO?
O DIA EM QUE TELÊ SANTANA ENSINOU À CRUYFF A ARTE DE JOGAR BOLA

O São Paulo pode mergulhar em uma crise caso venha a ser eliminado. Como a equipe do Morumbi já está fora do Campeonato Paulista, (perdeu para o Audax no último domingo por 4 a 1), uma derrota hoje para o Strongest seria o fim do primeiro semestre para o Tricolor, que só voltaria a campo dia 14 de maio pelo Campeonato Brasileiro contra o Botafogo. O São Paulo tem oito pontos no Grupo A da Libertadores, um a mais que o Strongest e os mesmos pontos que o River Plate, que enfrentará em casa o Trujillanos, que já está eliminado.

O técnico Edgardo Bauza deve realizar modificações na equipe titular. Durante os treinos realizados esta semana, Patón Bauza acenou com a possibilidade de uma equipe com três volantes (Hudson, Thiago Mendes e Wesley). Com isso, Ganso, Michel Bastos ou Kelvin deve deixar o time titular. O zagueiro Lugano, mesmo contundido, viajou com o elenco para La Paz. Em sete confrontos contra o Strongest em toda sua história, o São Paulo venceu quatro, empatou um e sofreu duas derrotas. Em apenas um jogo o São Paulo não marcou gols contra o time boliviano: foi justamente no último confronto, quando o Strongest venceu no Pacaembu por 1 a 0, em jogo válido pela primeira rodada da fase de grupos. O Tricolor realizou três jogos este ano pela Libertadores como visitante, e empatou os três pelo placar de 1 a 1. Se isso acontecer novamente na noite de hoje, estará na próxima fase da Libertadores.

Quanto ao Strongest, o time boliviano trocou de técnico após a derrota para o Trujillanos lá na Venezuela, em jogo válido pela Libertadores. Saiu o técnico Mauricio Sória, chegou o técnico venezuelano César Farías, que vai estrear no comando do time boliviano contra a equipe do Morumbi. O novo técnico do Strongest é conhecido pelo time do São Paulo: ele era o técnico do Cerro Porteño no amistoso disputado no inicio deste ano entre o Tricolor e o time paraguaio, após a contratação do zagueiro Lugano. Farías foi demitido do Cerro Porteño após ser derrotado pelo Cobresal na Libertadores (partida que acabou classificando o Corinthians).

Os jogadores do Strongest estão revoltados com os jogadores do São Paulo, principalmente com o artilheiro Calleri, que disse em uma entrevista que o Tricolor tinha que vencer a partida contra os bolivianos para evitar um possível confronto com o Boca Juniors na próxima fase da Libertadores. Os jogadores do Strongest não gostaram do comentário e garantem que o São Paulo não tem porque se preocupar: os bolivianos acreditam que vão eliminar o Tricolor. Caso eles consigam, não será a primeira vez que o Strongest eliminará uma equipe brasileira na primeira fase da Libertadores: em 2013, o time boliviano encarou na última rodada da fase de grupo o Atlético Paranaense precisando da vitória para se classificar e eliminar o time brasileiro. E conseguiram, venceram o jogo por 2 a 1.

O jogo entre The Strongest e São Paulo será realizado hoje (21/04) às 21:45 no estádio Hernando Siles. O jogo terá transmissão exclusiva do canal Fox Sports. Confira as prováveis escalações das duas equipes para o jogo que irá definir o futuro de ambas na Libertadores:

The Strongest: Vaca; Bejarano, Maldonado, Marteli e Wayar; Chumacero, Castro; Veizaga,  Pablo Escobar e Ramallo; Alonso. Técnico: César Farías;

São Paulo: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Wesley e Thiago Mendes; PH Ganso e Michel Bastos (Kelvin); Calleri. Técnico: Edgardo Bauza.