Santo André x São Caetano: veja jogadores que podem decidir o clássico do ABC

Crédito da foto: Montagem/Divulgação/EC Santo André/AD São Caetano

Santo André x São Caetano se enfrentam neste sábado (9), às 15h15, no Estádio Bruno José Daniel, pela primeira partida das quartas de final do Campeonato Paulista da Série A-2. Além da rivalidade entre clubes e torcidas, o jogo também põe frente a frente destaques da competição.

VEJA MAIS
SANTO ANDRÉ X SÃO CAETANO: SAIBA COMO COMPRAR INGRESSOS PARA O CLÁSSICO
RAIO X: CONFIRA AS CAMPANHAS DE SÃO CAETANO E SANTO ANDRÉ NA 1ª FASE DA A-2
CONFIRA O HISTÓRICO DE CONFRONTOS ENTRE SANTO ANDRÉ E SÃO CAETANO
ENQUETE: QUEM VENCERÁ O PRIMEIRO DUELO ENTRE SANTO ANDRÉ E SÃO CAETANO? VOTE

Do lado andreense, o meia Branquinho já marcou oito gols e é o artilheiro do Ramalhão na temporada. Após um bom início, ele oscilou junto com a equipe durante a campanha, mas segue como principal atleta do time comandado pelo técnico Toninho Cecílio.

“Nós contamos com o apoio do nosso torcedor por jogar a primeira em casa. Precisamos deste incentivo para buscar um resultado positivo. Eles (São Caetano) são favoritos, classificaram em primeiro. Mas clássico é clássico e é decidido nos detalhes. Vai ser um jogo difícil e nós temos condições de vencê-los”, disse o meia, que convocou a torcida ramalhina para empurrar o time.

Já no Azulão, o principal nome é o atacante Jô, irmão do lateral Mário Fernandes, ex-Grêmio e hoje no CSKA (RUS). O camisa 9 azulino já balançou as redes por sete vezes na A-2 e promete dar “dor de cabeça” aos zagueiros rivais. No último domingo (3), na vitória sobre o Taubaté (4 a 3), ele foi o autor do gol número 1.000 do Anacleto Campanella (nesta partida, marcou dois tentos).

Outros que podem ser decisivos:

Zé Carlos (Santo André)  O goleiro do Santo André vem em ótima fase e substitui à altura o lesionado Diego. No primeiro clássico, vencido pelo São Caetano, fez importantes defesas, e novamente deve ser bem exigido nos dois duelos contra o arquirrival.

Neto (São Caetano) – O meia é tão protagonista quanto Jô. Autor de cinco gols nesta Série A-2, ele está em um momento artilheiro, evidenciando sua característica principal: a chegada no ataque.

Desde 2015, vive boa fase, mas em 2016 ganhou a confiança do técnico Luis Carlos Martins e toma conta do meio de campo do Azulão. No primeiro clássico marcou um golaço, passando por três adversários.



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.