Rival do Grêmio nas oitavas, Rosario Central já foi eliminado pelo Inter; relembre

Na noite desta quinta-feira, 21, foram definidos os confrontos de oitavas de final da Libertadores de 2016. O Grêmio, que se classificou em segundo do Grupo 6, medirá forças contra o Rosario Central, da Argentina, líder do Grupo 2. O primeiro confronto ocorrerá na Arena, em Porto Alegre, no dia 27. A definição do classificado sai no dia 5 de maio, na Argentina, no estádio Gigante Arroyito.

LEIA MAIS:

D’Ale marca duas vezes e ajuda o River na Libertadores; veja os gols

Site faz pesquisa entre goleiros e Alisson vota em Prass como o melhor do país

Na memória do Rosario Central, que vai buscar deixar o Grêmio pelo caminho, certamente estará a Sul-Americana de 2005. Naquela competição, o clube da Argentina teve um outro time de Porto Alegre no seu caminho – e acabou não se dando muito bem. Na fase de oitavas de final, o Central mediu forças com o Inter, histórico rival do Grêmio, na ocasião comandado por Muricy Ramalho.

Mesmo dividido com o Brasileirão, onde polarizava a disputa do título com o Corinthians, o Inter não abdicou da Sul-Americana e mandou o que tinha de melhor para o primeiro jogo. Os gaúchos suportaram a pressão dos torcedores presentes no Arroyito e conseguiram uma grande vantagem. O atacante Rafael Sóbis fez o único gol do jogo e colocou o Inter perto da vaga às quartas. Relembre o gol:

No jogo da volta, no Beira-Rio, em Porto Alegre, um simples empate bastava para classificar o Inter. E foi o máximo que o time de Muricy conseguiu. Jorge Wagner abriu o placar para os mandantes no início do segundo tempo, mas Rivarola logo empatou e os argentinos deram um enorme sufoco no Inter nos minutos finais. Na fase seguinte, o colorado acabou caindo para o Boca Juniors.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.