Räikkönen lidera 1-2 da Ferrari no TL2 do GP da China de F1

Räikkönen foi o único piloto a andar abaixo de 1min37s nesta sexta-feira. (Foto: Getty Images)

Kimi Räikkönen fechou a sexta-feira (15) de treinos livres para a disputa do Grande Prêmio da China de Fórmula 1 com o melhor tempo. O finlandês da Ferrari foi o único competidor a andar abaixo da marca de 1min37s, ao registrar na melhor de suas passagens no exercício com 1min36s896.

LEIA MAIS:
ROSBERG LIDERA TL1 MARCADO POR PROBLEMAS COM MASSA E MAGNUSSEN

A segunda colocação na folha de tempos ficou com Sebastian Vettel, com o outro carro da Ferrari. O tetracampeão mundial ficou a um décimo do tempo de Räikkönen. Nico Rosberg, mais veloz da primeira atividade do dia, ficou com a terceira colocação, seguido por Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe Mercedes. O grupo dos cinco melhores ainda teve Daniel Ricciardo, da Red Bull.

Max Verstappen colocou a Toro Rosso na sexta posição, enquanto Nico Hülkenberg apareceu em sétimo, com a Force India. Carlos Sainz ficou com o oitavo posto, seguido por Sergio Pérez. A lista dos dez primeiros colocados na segunda atividade do dia ficou com o finlandês Valtteri Bottas, com o carro da Williams.

Sem ter conseguido registrar nenhuma volta rápida no primeiro treino do dia, por conta de dois furos de pneu, Felipe Massa ficou com a 14ª posição no segundo ensaio, com o tempo de 1min39s214. Já Felipe Nasr continua sofrendo com o errático carro da Sauber e terminou a sessão com o 20º tempo, à frente apenas de Esteban Gutiérrez, que voltou a ter problemas, e Kevin Magnussen, que sequer foi à pista.

Os pilotos da Fórmula 1 voltam ao circuito de Xangai neste sábado, a partir da 1h, para o terceiro e último treino livre.

Confira como foi o segundo treino livre em Xangai

O primeiro piloto a ir para a pista no segundo treino livre foi Esteban Gutiérrez, que perdeu todo o TL1 por conta de um problema elétrico. Mas o mexicano da Haas tornou a sofrer com problemas na sequência, quando um dos discos de freio de seu VF16 pegou fogo, obrigando-o a visitar os boxes, de onde não sairia mais.

Se Gutiérrez apresentava problemas, Romain Grosjean rodou em 1min40s908, sendo superado na sequência por Jenson Button, com a McLaren. Com 11 minutos de atividade em Xangai, Nico Rosberg registrou sua primeira volta rápida na sessão, com 1min37s761, utilizando pneus macios. Mais tarde, Felipe Massa fez suas primeiras voltas rápidas do dia.

Enquanto a Ferrari se preocupava em fazer com que seus pilotos simulassem corrida, Rosberg melhorou ainda mais seu tempo, com 1min37s133, já com os pneus supermacios. A primeira posição na folha de tempos só mudou na abertura da segunda metade da sessão, com Vettel marcando 1min37s005. Kimi Räikkönen, porém, baixou para 1min36s896.

Com 20 minutos para o final da atividade, os pilotos se preocuparam em trabalhar nas simulações de corrida, e não baixaram mais seus tempos. Assim, Räikkönen completou a atividade com o melhor tempo do dia.

Foto: Getty Images



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.