Presidente do Flu vê Flamengo como parceiro pela gestão do Maracanã

Peter Siemsen
Foto: Bruno Haddad/Fluminense F.C

O presidente do Fluminense participou do programa Cartão Verde, da TV Cultura. Quando questionado sobre a questão do estádio, Peter Siemsen disse ser favorável ao modelo que clubes ingleses e também o Atlético-MG adotam, de jogarem em estádios de menor porte e grandes jogos no Maracanã.

LEIA MAIS:
Fluminense está definido para final contra o Atlético-PR, com novidade no banco
OFICIAL: FERJ anuncia finais do Campeonato Carioca para o Maracanã
Mercado da bola: Disputado por Santos e Fluminense, Galhardo já escolheu aonde quer atuar
Flamengo responde ao PSG sugerindo amistoso em janeiro e time francês posta: ‘nos encontraremos’
Mercado da bola: Em baixa? Juventus prepara proposta milionária por lateral ex-Santos
Mercado da Bola: 18 jogadores que ficam sem contrato no 2º semestre e podem ser bons reforços
Atacante revela tristeza por saída do Palmeiras, mas quer nova chance em Julho
Levir bota o Fluminense no ‘topo’ de todas as competições em apenas um mês
Mercado da bola: Empresário bota Thiago Galhardo mais perto do Santos que do Flu
Mercado da bola: Além de Renato Chaves, Ponte Preta deve acertar com ex-Flamengo
Mercado da bola: Gum está próximo de trocar Fluminense por Palmeiras, diz repórter

 

O mandatário tricolor afirmou ainda que a ideia de administrar o Maracanã envolve o Flamengo, que nos últimos tempos, tem sido rival dentro do campo, mas parceiro em uma série de questões fora das quatro linhas. Principalmente contra a Federação do Estado do Rio de Janeiro (FERJ).

– Pra nós hoje abraçar o Maracanã, no modelo que existia, não vale a pena. Hoje caberia perfeitamente Fluminense e Flamengo. Não sei a realidade financeira deles, sei a minha. Sei que para mim hoje seria melhor disputar vários jogos em estádios de menor porte e outros de maior no Maracanã. Acho que o Maracanã pode ser melhor usado. Como encontrar essa questão, estamos buscando análise de projetos. Como em Londres, por exemplo, onde todos os clubes têm os seus estádios e tem Wembley. O Atlético-MG é outro bom exemplo, que faz a maioria dos seus jogos no Independência e pode jogar de vez em quando no Mineirão – destacou o presidente do Flu.

 

Maracanã
Crédito da foto: Reprodução/ Facebook oficial Maracanã

 

Veja também:

18 jogadores que ficam sem contrato no 2º semestre e podem ser bons reforços

14 opções de zagueiros para seu time se reforçar em 2016.
Veja brasileiros que atuam na Europa e poderiam ser repatriados.
11 opções de volantes para seu time se reforçar em 2016.

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: @allanmadi