Nobre defende trabalho com ironia aos críticos: “analisar videotape é fácil”

Palmeiras
César Greco / Palmeiras / Divulgação

O Palmeiras foi eliminado ainda na fase de grupos da Libertadores, na última quinta-feira, mesmo goleando o River Plate, do Uruguai, por 4 a 0 no Allianz Parque. O Verdão precisava também que o Nacional vencesse o Rosario Central, em Montevidéu, porém os argentinos levaram a melhor e impediu que os paulistas continuassem na competição. O presidente alviverde, Paulo Nobre, não se escondeu e falou após o jogo, assumindo a culpa pela queda precoce.

LEIA TAMBÉM:
Palmeiras deixa de ganhar mais de R$32 milhões com eliminação na Libertadores
Polícia de SP cumpre mandados de prisão contra organizadas de Corinthians e Palmeiras

O mandatário, todavia, negou que tenha demorado para demitir o técnico Marcelo Oliveira, que, para muitos, foi o principal culpado pelos maus resultados no começo da Libertadores. Nobre ironizou os críticos e defendeu o trabalho feito pelos dirigentes do Palmeiras.

“Não adianta ficar analisando o que poderia ter acontecido antes ou não. Essa diretoria sempre toma as atitudes que acha que é o certo naquele momento. Ficar analisando videotape é muito fácil. Estou chateado, como todos os palmeirenses, com essa saída precoce da Libertadores, mas estou animado e vendo que o Palmeiras está pegando corpo e mostra organização diferente em campo”, disse o presidente, ainda nos vestiários do Allianz Parque.

Apesar de o maior sonho do ano ter ficado pelo caminho, Nobre enxerga um caminho bem positivo ainda para 2016. O Palmeiras tem o Campeonato Paulista (em que está nas quartas de final), o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil em disputa, sendo que as duas últimas competições reservam vagas para a Libertadores do ano que vem.

“A desclassificação, como um todo, me deixa chateado. Mas podemos também ver o seguinte: o time do Palmeiras está ficando mais robusto, se organizando e tenho certeza absoluta de que o ano de 2016 pode ser tão feliz como 2015”, projetou o mandatário alviverde, lembrando o título na Copa do Brasil, em dezembro.

Nesta segunda-feira, o Palmeiras volta a campo para brigar por lugar nas semifinais do Paulistão. Às 21h (horário de Brasília), a equipe comandada por Cuca recebe o São Bernardo no Allianz Parque em jogo único pelas quartas de final.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.