Opinião: Palmeiras caiu fora da Libertadores por culpa de Marcelo Oliveira

Palmeiras
César Greco/Ag. Palmeiras

O Palmeiras foi campeão da Copa do Brasil de 2015 APESAR de Marcelo Oliveira. Ficou em um modesto nono lugar no Brasileirão por culpa dele. E, enfim, foi eliminado da Libertadores ainda na primeira fase, algo que não ocorria desde 1979, pelo mesmo motivo. Seu desempenho pífio nas três primeiras rodadas afundaram o Verdão na competição. Cuca fez uma campanha considerável, dadas as circunstâncias, mas não conseguiu salvar o bonde desgovernado deixado pelo antecessor.

LEIA MAIS
ÁGUA SANTA É A MAIS NOVA VÍTIMA DA “MALDIÇÃO” DO PALMEIRAS; RELEMBRE

Dos oito pontos conquistados pelo Palmeiras, insuficientes para a classificação para a segunda fase da Libertadores, quatro foram de Marcelo Oliveira, e quatro com Cuca. Mas a igualdade é enganosa. Marcelo teve dois jogos no Allianz Parque e um confronto como visitante diante do time mais fraco do grupo. Cuca, por sua vez, pegou o caminho contrário e sofreu com isso. Mas entregou a mesma quantidade de pontos. Isso diz tudo.

Cuca teve os dois times mais difíceis fora de casa. Empatou com um e perdeu o outro. Goleou o frágil River Plate-URU em casa, coisa que o Palmeiras sempre deveria fazer. Já Marcelo não teve competência para fazer seu time ganhar desse mesmo River fora de casa. Venceu o Rosário no Allianz Parque de um jeito que pouca gente entendeu, tamanha a superioridade do time argentino naquela noite. E foi derrotado na própria arena pelo Nacional.

Mais que nunca, o Palmeiras e sua torcida precisam apoiar Cuca. O treinador tem totais condições de levar o Palmeiras a um título ainda neste ano e necessita desse respaldo. Seu trabalho até aqui é muito bom, e tende a melhor. Quanto a Marcelo Oliveira, fica a triste constatação de quem imaginava que com ele viriam dias de glória. Vieram mais tragédias e uma conquista isolada na qual a torcida foi a maior responsável, e não o treinador.



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016. Também colabora com o ONDDA, site "irmão" do Torcedores.com.