Opinião: Nunca duvidem do Liverpool

Créditos da imagem: Reprodução / Facebook Oficial Liverpool FC

25 de maio de 2005, estádio Atatürk na Turquia. Final da Liga dos Campeões 2004-05. Naquela noite, o Liverpool, clube inglês de tantas glórias num passado não tão distante, escreveu seu nome definitivamente na história do futebol. Em uma virada épica, após terminar o primeiro tempo perdendo por 3 a 0, o Liverpool empata a partida no segundo tempo, levando o jogo para os pênaltis, de onde sai vitorioso. Até hoje esse episódio, na memória dos apaixonados por futebol é conhecido como “o milagre de Istambul”.

 

LEIA MAIS:
ESTAS IMAGENS MOSTRAM PORQUE KLOPP É O TÉCNICO MAIS ‘MALUCO’ DA EUROPA.
LIVERPOOL JOGARÁ TORNEIO PRÉ-TEMPORADA JUNTO COM BARCELONA, PSG, MILAN E OUTRAS POTÊNCIAS DA EUROPA.
OPINIÃO: A DIFÍCIL VIDA DE JÜRGEN KLOPP NO LIVERPOOL.

 

16 de maio de 2001, Westfalenstadion em Dortmund, Alemanha. Final da Copa da UEFA 2000-01. Em um jogo de nove gols, o Liverpool bate o Deportivo Alavés por 5 a 4 com um gol de ouro a três minutos do final da prorrogação, e conquista o segundo título mais importante da Europa na temporada.

14 de abril de 2016, estádio Anfield Road em Liverpool. Quartas de Final da Liga Europa 2015-16. Após empatar por 1 a 1 a primeira partida em Dortmund, contra o time da casa, Borussia Dortmund, o Liverpool se classificaria com um o a o, ou uma vitória simples. Mas para o Liverpool, nada é simples. Com 10 minutos do primeiro tempo, o placar apontava 2 a 0 para o Borussia em pleno Anfield. Com 11 do segundo tempo, 3 a 1 para os visitantes. Em um mundo normal e pessimista, a equipe da casa já estaria praticamente eliminada.

Mas o Liverpool não é normal. Muito menos pessimista. Sem desistir do jogo, a equipe da casa lutou, e foi recompensada com três gols, que valeram a histórica classificação. Histórica por muitos motivos. Um deles, claro é a épica virada no placar. Outro, foi pelo adversário, extremamente forte e organizado, como o Borussia Dortmund.

O terceiro motivo atende pelo nome de Jürgen Klopp. O treinador mais carismático da Europa, deu as caras novamente. Vibrou, fez caretas, comemorou como nunca os gols feitos, e sofreu os gols sofridos. No final, foi até a torcida do Borussia, que nutre um carinho especial por tudo que o treinador fez pelo clube, e foi aplaudido de pé.

Klopp é a pessoa certa para levar o Liverpool de volta as glórias. Estudioso, simpático, enérgico, carismático, vitorioso. Poucos treinadores no mundo possuem tantos adjetivos como Klopp. E a homenagem da torcida rival, após uma triste eliminação, mostra como o treinador é fantástico.

Foi sim, mais uma noite histórica em Liverpool.

Esses três exemplos, são o suficiente para mostrar que não podemos duvidar da capacidade do Liverpool. Poderíamos citar outras viradas fantásticas, vitórias surpreendentes, partidas memoráveis. Inclusive, os exemplos são muitos. Porém não é necessário para demonstrar a grandeza de um gigante. Gigante que anda distante das grandes conquistas, é verdade. Mas ainda sim, um gigante, com uma belíssima história.



Estudante de jornalismo, apaixonado por esportes, principalmente automobilismo, tênis e NBA. E o futebol? Bem, o futebol ultrapassa a barreira da paixão. É uma verdadeira obsessão. Nas horas livres, além de salvar o mundo (mentira), estou sempre escrevendo. Escrever é uma arte, e eu sou um artista.