Opinião: Assim como não temeu na Argentina, Palmeiras não temerá a Vila e vai passar pelo Santos

Palmeiras
Crédito da foto: Divulgação/Cesar Greco/Ag. Palmeiras

 

O Palmeiras visita o Santos na Vila Belmiro no próximo domingo para reeditar o maior clássico que aconteceu no Brasil em 2015. Finalistas do principal estadual do país ano passado e da Copa do Brasil, os dois octacampeões brasileiros farão mais uma grande partida, sem dúvidas. E a torcida do Palmeiras tem muitos motivos para acreditar que o seu time irá avançar para a decisão.

Mesmo com o jogo sendo sem torcedores do Palestra e um clima 100% santista, jogo único na Vila, o palmeirense está confiante e o time tem tudo para se classificar. Todos sabem a dificuldade de encarar o Santos na Vila, mas o Palmeiras é o time que mais vezes ganhou na Baixada Santista. Até o ano passado, o Verdão tinha mais vitórias na Vila que o próprio Santos.

Desde a chegada de Cuca, o Palmeiras vem evoluindo muito. Perdeu quatro jogos seguidos, os inciais, mas depois da derrota para o Água Santa, o Verdão não perdeu mais e encarou times fortes como Corinthians e Rosario Central. Contra os argentinos, empatou em 3 a 3 com um jogador a menos em um local onde o time argentino ganha praticamente sempre.  O Palmeiras não vai temer a Vila assim como não temeu o estádio do Central, vai jogar pra cima, buscando o resultado como foi na Argentina e isso vai ser determinante para a classificação verde.

O Santos está mordido com o Palmeiras, principalmente por causa das provocações dos palmeirenses após o título da Copa do Brasil e de seus torcedores. O Palmeiras se tornou o maior rival dos últimos tempos para o Peixe e eles entrarão com faca nos dentes. O Palestra segue com seu estilo de não entrar na pilha dos santistas, que seguem provocando, e isso pode ser fatal para a classificação, saber jogar o jogo e não entrar no nervosismo.

No final, caso a vitória no tempo normal não venha, as penalidades máximas vão estar novamente para Palmeiras e Santos. E Fernando Prass, que será o goleiro, pode significar em uma ou duas defesas nas penalidades.



Jornalista formado pela FIAM FAAM. Apaixonado por futebol independente do país ou divisão. Setorista do Inter e esportes olímpicos. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com