“O Palmeiras na Libertadores foi uma verdadeira vergonha”, diz jornalista

Foto: César Greco / Agência Palmeiras

Sem papas na língua, o jornalista e comentarista dos canais SporTV e Premiere FC, Luiz Ademar, disparou críticas ao planejamento e à campanha do Palmeiras na Libertadores de 2016. O Verdão foi o único representante brasileiro que ficou de fora da segunda fase. Os rivais Corinthians e São Paulo, assim como Atlético-MG e Grêmio seguem vivos no torneio continental.

LEIA MAIS:

D’Ale marca duas vezes e ajuda o River na Libertadores; veja os gols

Site faz pesquisa entre goleiros e Alisson vota em Prass como o melhor do país

Mesmo com um elenco numeroso e jogadores de qualidade, a equipe acabou sucumbindo na fase de grupos e ficou no terceiro lugar do Grupo 2, com 8 pontos. Rosario Central, com 11, e Nacional, do Uruguai, com 9, foram as equipes classificadas na chave. Para Ademar, a campanha palmeirense foi uma “verdadeira vergonha”.

“O Palmeiras foi uma verdadeira vergonha, tropeçando no River, do Uruguai, e perdendo duas vezes para o Nacional. Decepcionante pelo elenco que tem. No caso específico da Libertadores, eu penso que foi incompetência da comissão técnica e dos jogadores. O elenco é ótimo, mas começou a engrenar só agora com o Cuca”, disse Luiz Ademar, em entrevista exclusiva ao Torcedores.com.

Mesmo com uma troca na comissão técnica em meio à competição, o Palmeiras não conseguiu pontuação suficiente para se classificar. Marcelo Oliveira, campeão da Copa do Brasil de 2015 com o clube, caiu após a derrota para o Nacional em casa. Cuca chegou, mas mesmo com a goleada sobre o River Plate na última rodada a classificação não veio, já que o Rosario Central bateu o Nacional no Uruguai. Sobre os demais brasileiros, Ademar faz elogios:

“Atlético-MG e Corinthians fizeram o que era esperado e chegaram na última rodada classificados. O Grêmio caiu na chave que considero mais difícil e foi brilhante. Roger Machado foi ótimo jogador e vem se mostrando um inteligente treinador, com métodos de trabalho modernos. E as dificuldades do São Paulo, pelo menos por mim, já eram esperadas. Tem bom time e elenco fraco. E tem um treinador que conhece pouco o futebol brasileiro”, acrescenta Ademar.

Nas oitavas de final da Libertadores, o Atlético-MG encarará o Racing, enquanto o Corinthians pega o Nacional do Uruguai, o Grêmio mede forças contra o Rosario Central e o São Paulo enfrenta o Toluca. Já o Palmeiras mira a semifinal do Paulistão, onde enfrenta o Santos, e terá também o Brasileirão e a Copa do Brasil no restante da temporada.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.