Palmeiras e Crefisa chegam a acordo e devem assinar contrato nesta sexta

Paulo Nobre
Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Segundo apuração da reportagem do Torcedores.com, Palmeiras e Crefisa chegaram a acordo referente a cláusulas contratuais sobre o uniforme do clube.

Após o mal estar gerado no inicio de março, quando o Palmeiras anunciou uma ação de marketing em seu uniforme, a Crefisa começou a rever contrato de patrocínio master na camisa do time de Palestra Itália.

Incomodada, a patrocinadora master elaborou uma cláusula de contrato no qual especifica o tamanho e o lugar que sua marca deve estampar no uniforme alviverde.

Outro adendo acionado no contrato foi a exigência da Crefisa em exibir a sua marca na camisa “Winner t-shirts”, mais conhecida como camisa comemorativas.

A patrocinadora impôs uma multa contratual no valor de 2 milhões de reais em caso de descumprimento de contrato.

Nas negociações, a Crefisa chegou a discutir com a cúpula alviverde a possibilidade de ser anunciada no sistema de som do Allianz Parque. Porém, houve um empecilho pelo fato que o Palmeiras não tem autonomia no acordo, já que a W Torre cuida da parte administrativa do estádio.

A demora do acordo entre ambos fez a patrocinadora não pagar a ultima parcela do acordo, referente ao mês de abril. Com imbróglio, o presidente Paulo Nobre fez outro empréstimo particular para o Palmeiras no valor aproximadamente de 6 milhões de reais para cobrir despesas do clube e terminar o mês no saldo azul.

O Palmeiras aceitou as condições impostas pela Crefisa nesta ultima terça-feira. O contrato esta em análise dos departamentos jurídicos de cada instituição e deve ser assinado nesta sexta.



Rafael Jacobucci - O Faro da Bola. - Repórter - Comentarista - Apresentador