NBA decide essa semana sobre patrocínios nas camisas

Reprodução/ Site Oficial da NBA

Os proprietários das franquias da NBA decidirão em votação que ocorre essa semana se a partir da próxima temporada as equipes poderão estampar patrocínios em suas camisas.

LEIA MAIS:

WARRIORS BATE RECORDE HISTÓRICO DO BULLS, E CURRY ULTRAPASSA 400 BOLAS DE TRÊS

A iniciativa liderada por Adam Silver, comissário da NBA, faz parte de um plano de ações que visa trazer mais lucratividade com publicidade para o melhor basquete do mundo.

Um novo acordo de televisão que passa a vigorar a partir da temporada de 2017/2018 e a troca da Adidas pela Nike como fornecedora oficial dos uniformes também fazem parte dessa nova era da NBA em relação a publicidade.

No All-Star Game desse ano a Kia Motors estampou seu logo na camisa dos jogadores em acordo que serviu como o teste para o que está por vir nos próximos dias.

De acordo com estudos feitos pela NBA, o patrocínio nas camisas pode render até 100 milhões de dólares para cada time. Sendo que a proposta inicial e que segundo a ESPN dos Estados Unidos, deve ser aprovada, é de que 50% dos valores recebidos pelos patrocínios fiquem com o time, e a outra metade fique em um fundo de receitas disponível para todas as equipes da liga.

Segundo o site da ESPN, os fãs do basquete não precisam se desesperar e temer que as camisas da liga americana de basquete se transformem em vitrines publicitárias como acontece atualmente no futebol mundial. A publicidade deve aparecer no ombro esquerdo da camisa, com um logo de 6,3cm por 6,3cm, no lugar onde se encontra atualmente o símbolo da NBA.



Jornalista quase formado, apaixonado por esportes e principalmente por futebol.