Napoli reclama da redução de pena de Higuaín: “Profundamente desiludidos”

Crédito da foto: Reprodução / Twitter oficial Gonzalo Higuaín

A Corte Esportiva da Itália (equivalente ao STJD do Brasil) reduziu hoje a suspensão do argentino Gonzalo Higuaín, atacante do Napoli, de quatro para três jogos. O jogador foi expulso na derrota do seu time para a Udinese, após “peitar” e empurrar o árbitro da partida.

LEIA MAIS
DE JONG LEVA GANCHO DE TRÊS JOGOS NA MLS POR ENTRADA VIOLENTA

A redução de apenas um jogo, porém, irritou os dirigentes do Napoli, que classificaram a decisão como “covarde”, em uma curta nota publicada no site oficial do clube. “Era a oportunidade de mostrar que o sistema funciona. Estamos profundamente desiludidos”, diz o comunicado.

O Napoli recorreu da decisão inicial por acreditar que a pena havia sido muito dura, principalmente na reta final da competição, quando a equipe ainda luta para alcançar a Juventus na liderança da Série A. Hinguaín é o artilheiro do Campeonato Italiano e disputa a Chuteira de Ouro da Europa com Jonas, do Benfica.

“El Pipita”, como é chamado pelos torcedores, esteve na Corte Esportiva de Apelo, bem como os advogados do clube italiano, que declararam antes do julgamento estarem otimistas com o resultado. O Napoli acreditava que poderia reduzir a pena pela metade.

O atacante continuará cumprindo suspensão nos jogos contra a Inter e Bologna, estando liberado para voltar a campo na partida contra a Roma, em 25 de abril. O duelo contra a equipe romanista pode ser decisivo para a definição de qual das duas equipes ficará com a vaga direta para a Liga dos Campeões da Europa.



Mídias Sociais da AS Roma Brasil, MBA em Gestão Estratégica de Negócios, blogueiro desde 2007 e radialista amador. Escreve sobre futebol italiano, automobilismo e o que aparecer, mas gosta mesmo é de contar boas histórias