Hamilton perde cinco posições no grid do GP da China

Troca de caixa de câmbio provocou a perda de cinco posições na China. (Foto: Getty Images)

Lewis Hamilton perderá cinco posições no grid de largada para o Grande Prêmio da China de Fórmula 1, que será disputado neste domingo (17), no circuito de Xangai. Após fazer uma inspeção na caixa de câmbio que equipa o carro número 44, a Mercedes optou por fazer a troca da peça, o que ocasionou a punição.

LEIA MAIS:
EM XANGAI, ALONSO SE DIZ PREPARADO, MAS AINDA É DÚVIDA PARA O GP DA CHINA

O problema na caixa de câmbio apareceu após o acidente sofrido pelo inglês na largada do GP do Bahrein, quanto foi atingido pela Williams de Valtteri Bottas. Apesar de seguir na corrida e terminar em terceiro em Sakhir, a equipe da estrela de três pontas optou pela troca da peça, sob alegação de que o circuito da China é o mais fácil para se conseguir ultrapassagens.

“Este é o melhor circuito para decidir isso. Como as ultrapassagens são mais fáceis aqui em comparação com as próximas pistas, o impacto da pena é considerado menor”, disse um porta-voz da equipe Mercedes, explicando a decisão tomada pelo time atual bicampeão mundial de construtores.

Com a punição, Hamilton não largará da primeira posição pela primeira vez na atual temporada, que teve duas vitórias de Nico Rosberg, ganhador dos últimos cinco Grandes Prêmios.

Foto: Getty Images



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.