GP da China: Quem pode surpreender?

Crédito da foto: Reprodução/ Site oficial Fórmula 1

Como sempre, a Mercedes é favorita para levar a vitória no GP da China, mas quem será que pode surpreender no outro lado do mundo?

LEIA MAIS:
RÄIKKÖNEN LIDERA 1-2 DA FERRARI NO TL2 DO GP DA CHINA DE F1
F1: ROSBERG LIDERA TL1 MARCADO POR PROBLEMAS COM MASSA E MAGNUSSEN

Com o excelente desempenho de Sebastian Vettel  nas primeiras duas corridas do ano, é injusto declarar que ele é surpresa, mas outros pilotos e equipes podem surpreender no GP chinês, quem são eles

Williams

O início da temporada foi desastroso para Felipe Massa e Valtteri Bottas. A equipe que se dizia enfrentar a Ferrari agora fica mais para enfrentar a Red Bull. Contudo, equipe estreará peças novas do chassi e tem a esperança de andar mais rápido e voltar a disputar posição contra a Ferrari.

Red Bull

A Red Bull briga pelo terceiro posto junto com a Willians esse ano. Possui dois excelentes pilotos (Daniel Ricciardo e Daniil Kvyat) e podem facilmente brigar pelo pódio nesta etapa (Ricciardo tem dois quatro lugares).

Romain Grosjean

O francês, que no passado foi extremamente criticado pelos acidentes que causava, agora está confiante, pois conseguiu um sexto e um quinto lugar pela novata Haas, que está vivendo o sonho americano na Fórmula 1. Se depender das condições de pista, pode até conseguir um pódio.

Fernando Alonso

Após ver o seu substituto, o jovem belga Stofell Vandoorme, marcar o primeiro ponto pela McLaren esse ano, Alonso entrará motivado e pronto para voltar a ação. E se tratando do príncipe das Astúrias, tudo pode acontecer.

Pascal Wehrlein

O jovem alemão está determinado em fazer a Manor deixar de ser apenas figurante. Agora com motor Mercedes, a menor equipe do grid cresceu, ultrapassou a Sauber e tenta chegar no pelotão dos médios, e Wehrlein mostrou-se competente e pode ate mesmo a marcar ponto, que a Manor não consegue desde Mônaco de 2014, com o falecido Jules Bianchi.

Bônus- Sauber

A Sauber já surpreendeu por conseguir viajar a China. A equipe está com sérios problemas financeiros e pode falir qualquer momento (a não ser que a Alfa Romeo entre na jogada).