Gaviões da Fiel confirma ato depois de prisões

Crédito da foto: Reprodução/Facebook Gaviões da Fiel

A torcida organizada Gaviões da Fiel, do Corinthians, publicou em seu perfil no Facebook a confirmação do ato marcado para hoje (15), a partir das 17h, no Vale do Anhangabaú, centro de São Paulo. Haviam especulações do evento não ocorrer devido à “Operação Cartão Vermelho”, da Polícia Civil, iniciada na manhã hoje. A operação, que contou com mais de 200 policiais e 100 viaturas da Polícia Civil de São Paulo, prendeu integrantes das torcidas organizadas Mancha Verde, do Palmeiras, e da própria Gaviões.

LEIA MAIS:
Por causa de 0,03% de Mancha e Gaviões, SSP-SP pune todas organizadas

Esta operação da Polícia Civil investiga membros de organizadas paulistas envolvidos em casos de agressões e outros delitos nas cidades de São Paulo, Guarulhos, Campinas, Santos e outros municípios da Grande São Paulo. Apesar disso, a organizada corinthiana, que desde o início da semana está organizando e divulgando um ato denominado “Contra todo ditador que no futebol quiser mandar”, disse, em publicação no Facebook, que o evento está confirmado contra a “perseguição política” sofrida pela entidade.

Confira publicação na íntegra:

Em ato, Gaviões denunciarão perseguição política

Salve família Gaviões da Fiel!

Como já prevíamos e denunciávamos, as perseguições e retaliações vieram. A motivação das ações ocorridas na manhã desta sexta-feira (15) confunde a opinião pública e tenta desmoralizar nossas recentes manifestações.

A nossa melhor resposta para essa perseguição é mostrar no ATO CONFIRMADO de hoje que não calarão a nossa voz.

É hoje, a partir das 17h, estaremos no Vale do Anhangabaú!

Agora, mais do que nunca, precisamos estar juntos para vencer essa a luta.

Muita disciplina e união.
Contamos com a presença de todos!

“Os Gaviões unido é muito forte”