Ferroviária avança e pega o Fluminense pela Copa do Brasil

Crédito: Leonardo Fermiano / Ferroviária

Pela primeira vez em sua história, a Ferroviária conseguiu avançar para a próxima fase da Copa do Brasil após empatar com o Salgueiro no Estádio Cornélio de Barros Muniz, pelo placar de 1 a 1. No jogo de ida, o time de Araraquara superou o rival pelo placar de 1 a 0.

LEIA MAIS:
VEJA O QUE OS JOGADORES DO VASCO FALARAM APÓS A VITÓRIA CONTRA O REMO
PONTE PRETA X CALDENSE: SAIBA COMO ASSISTIR AO JOGO AO VIVO NA TV

Os gols da partida foram marcados pelo meia da Ferrinha, Fernando Gabriel, aos 13 minutos da primeira etapa, enquanto Cássio Ortega empatou para o Carcará do Sertão aos 18 minutos da etapa complementar. Ainda no segundo tempo, o volante Renan, da Ferroviária, foi expulso e o time pernambucano teve vantagem numérica em boa parte do tempo. No final da partida, Rodolfo, do Salgueiro, também foi expulso e os visitantes conseguiram segurar o empate fora de casa.

Na segunda fase, a Ferroviária receberá o Fluminense-RJ, com datas ainda a definir. O primeiro jogo provavelmente acontecerá, em Araraquara, no dia 4 ou 11 de maio. Caso o clube carioca não consiga vencer por dois gols de diferença, o segundo jogo deverá acontecer no Rio de Janeiro, ainda sem local definido.

O JOGO

O time pernambucano precisava da vitória para avançar e partiu para cima desde o início. E levou perigo logo aos 5 minutos de jogo, em uma bola cabeceada por Berger após cobrança de escanteio que parou na boa defesa do goleiro Rodolfo.

A Locomotiva jogava com o regulamento e se fechou na defesa, tentando levar perigo nos contra-ataques. E aos 13 minutos, Fernando Gabriel abriu o placar para a Ferroviária em cobrança de falta que desviou na barreira: 1 a 0! O time da casa tentou a reação, mas não conseguia se infiltrar na defesa afeana.

Na volta do segundo tempo, o Salgueiro pressionou e chegou ao empate aos 18 minutos. Após cobrança de falta de Morelândia, Cássio Ortega ajeitou e tocou no canto esquerdo de Rodolfo: 1 a 1.

Aos 27, a Locomotiva ficou com um jogador a menos em campo quando o volante Renan fez a falta, levou seu segundo cartão amarelo e acabou expulso. Aos 36, a torcida pernambucana pediu pênalti quando Anderson Lessa recebeu falta na área, mas o árbitro mandou o jogo seguir. Aos 42, foi a vez do Salgueiro perder um jogador quando Rodolfo Potiguar foi expulso. A Ferroviária conseguiu administrar a vantagem e consolidou a classificação para a segunda fase.

FICHA TÉCNICA

SALGUEIRO 1×1 FERROVIÁRIA
Local: Estádio Cornélio de Barros Muniz, em Salgueiro (PE);
Data/Horário: 13 de abril de 2016, 20h30;
Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS);
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Adailton Jose de Jesus Silva (BA);
Público: 3.331 pagantes;
Renda: R$ 11.465,00
Cartões amarelos: Rodolfo (Salgueiro); Thallysson, Renan, Samuel e Caíque (Ferroviária);
Cartão vermelho: Rodolfo (Salgueiro) e Renan (Ferroviária)
Gol: Fernando Gabriel (13’ do 1º T); Cássio Ortega (18’ do 2º T).

SALGUEIRO: Mondragón (Gleybson), Toty, Ranieri (Rogério Paraíba), Marlon e Luís Eduardo; Rodolfo, Moreilândia, Jefferson Berger e Cássio; Lessa e Piauí (Jhon). Técnico: Sérgio China

FERROVIÁRIA: Rodolfo; Igor Julião, Wanderson, Marcão e Thalysson; Juninho, Renan, Fernando Gabriel (João Paulo) e Wescley; Samuel (Caíque) e Tiago Marques (Danielzinho). Técnico: Ricardo Moraes.