“Encurralado” Bolívar não tem opção diante do Deportivo Cali

Encurralado-Bolívar-sem-opção-Libertadores-Futebol-Latino-Torcedores14-04
Crédito da Foto: Divulgação

Qualquer resultado que fosse um triunfo dos donos da casa ou mesmo um empate na partida do Grupo 3 da Libertadores entre Racing e Boca Juniors em Avellaneda não atrapalharia em nada as intenções do Bolívar dentro da competição continental, mas foi exatamente o oposto que acabou acontecendo.

LEIA MAIS

Olimpia encerra participação com goleada sobre Deportivo Táchira
Grêmio vence LDU e passa de fase na Libertadores

Com o triunfo Xeneize dentro do El Cilindro, a pontuação do Bolívar acaba o colocando nesse exato momento “contra a parede” no que se refere a ter de vencer o seu compromisso na noite de hoje (14) na Colômbia, onde visitará o Deportivo Cali às 21h45. E, se a situação em si já é ruim, o clima para ser obrigado a conseguir três pontos fora de casa é pior ainda.

Isso porque o técnico argentino Rubén Insúa vive seu pior momento a frente da equipe boliviana, sendo questionado até mesmo pela sua torcida que, com diversos gritos de protesto e até pedidos para que Insúa saia do clube, mostrou sua irritação com a irregularidade do time tanto na Liberta como também no Clausura da Bolívia.

A única questão que pode dar um pouco mais de alento aos torcedores da equipe celeste de La Paz é que, assim como a vitória do Boca Juniors o complicou, ela também praticamente eliminou o seu adversário Cafetero dessa noite em Cali.

Com dois pontos, a seis do atual vice-líder da chave Racing, o time colombiano precisaria vencer seus dois compromissos restantes, torcer para que os argentinos percam do Bolívar na última rodada jogando no Estádio Hernando Siles e, além disso, tirar uma diferença de saldo que hoje está em 11 gols.

Veja essa e outras informações em: www.futebolatino.com.br



Notícias, jogos, classificação e muito mais sobre tudo o que envolve o futebol latino-americano.