Com pista molhada, Vettel lidera TL3 na China

Vettel não contou com a concorrência das Mercedes, que optaram por não sair à pista. (Foto: Getty Images)

Sebastian Vettel foi o piloto mais rápido do último treino livre para a disputa do Grande Prêmio da China de Fórmula 1. Em uma atividade em que apenas 14 pilotos registraram voltas – nenhum da Mercedes – por conta da pista molhada, o alemão da Ferrari obteve em sua melhor volta o tempo de 1min57s351, utilizando pneus intermediários no Circuito Internacional de Xangai.

LEIA MAIS:
RÄIKKÖNEN LIDERA 1-2 DA FERRARI NO TL2 DO GP DA CHINA DE F1
ROSBERG DOMINA TL1 MARCADO POR PROBLEMAS COM MASSA E MAGNUSSEN

A segunda colocação ficou com o finlandês Valtteri Bottas, com a Williams, distante sete décimos do tempo registrado por Vettel. Sergio Pérez apareceu na terceira colocação com a Force India, seguido pela Toro Rosso de Carlos Sainz. O grupo dos cinco primeiros do ensaio ainda contou com a Haas de Esteban Gutiérrez.

Jolyon Palmer colocou a Renault na sexta posição, seguido por Kevin Magnussen, seu companheiro de equipe. Pascal Wehrlein foi o oitavo com a Manor, enquanto Max Verstappen ficou com a nona posição na classificação. O grupo dos dez primeiros da atividade ainda contou com a Force India de Nico Hülkenberg.

Os brasileiros apareceram na parte final da folha de tempos. Felipe Nasr foi o 11º mais rápido entre os 14 pilotos que registraram voltas rápidas. Já Felipe Massa fechou o treino com a 13ª posição com o carro da Williams.

A partir das 4h, pelo horário de Brasília, acontece o qualifying para definição do grid de largada para a corrida de domingo, que terá seu início às 3h de domingo.

Confira como foi o treino

Uma forte chuva atingiu a região do Circuito Internacional de Xangai neste sábado, fazendo com que os pilotos demorassem a sair para a pista. O primeiro a se aventurar no asfalto molhado foi Valtteri Bottas, com a Williams. Minutos mais tarde, o time inglês também mandou Felipe Massa para a pista, enquanto a Renault autorizou a saída de Jolyon Palmer.

A chuva diminuiu após 20 minutos de atividade, mas os pilotos seguiam fazendo apenas voltas de verificação. Com 37 minutos para o término da sessão, Romain Grosjean rodou, voltando ao traçado logo depois. Daniil Kvyat chegou a abrir volta com a Red Bull, mas uma escapada fez o russo abortar sua tentativa.

Restando 28 minutos para o final, Kimi Räikkonen registrou a primeira volta rápida da atividade, com 2min00s812. Massa apareceu na segunda colocação, mas logo foi superado por Bottas, quatro décimos mais lento em relação ao piloto da Ferrari. Pouco depois, o pneu traseiro direito da Renault de Jolyon Palmer estourou, obrigando o inglês a visitar os boxes.

A Red Bull mandou seus dois pilotos para a pista com pneus intermediários, o que se mostrou uma atitude acertada. Apesar de abortarem a volta, Kvyat e Daniel Ricciardo chegaram a estar dois segundos mais rápidos em relação ao tempo de Räikkönen na segunda intermediária da pista. Carlos Sainz colocou a Toro Rosso na ponta da tabela de tempos com 1min59s865, ainda com pneus de chuva extrema.

Sebastian Vettel tomou a liderança da atividade ao completar uma volta em 1min57s351. Restando 11 minutos para o encerramento do exercício, Valtteri Bottas avançou para a segunda colocação, aparecendo sete décimos atrás do tempo do piloto da Ferrari. Pouco depois, Felipe Nasr fez sua primeira volta rápida na atividade, pulando para a sétima colocação.

Com os pilotos optando pelos long runs na parte final da atividade, ninguém foi capaz de tomar o melhor tempo de Vettel até o final da atividade.

Foto: Getty Images



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.