Cinco motivos que explicam as conquistas do São Bernardo na temporada

Crédito da Foto: Impact Produções e Promoções

Em 11 anos de história, o São Bernardo fez sua melhor campanha no Campeonato Paulista. Além da classificação inédita para as quartas de final do estadual, o Tigre conquistou pela primeira vez uma vaga no Brasileiro da Série D de 2017. O Torcedores.com listou cinco motivos, que demonstram o que levou o clube a conquistar marcas importantes.

 

LEIA MAIS:

“Demos o nosso melhor”, diz meia do Tigre, sobre partida contra o Palmeiras

 

Apesar de ser eliminado pelo Palmeiras, após a derrota por 2 x 0 no Allianz Parque, no confronto das quartas de final, o São Bernardo mostrou um futebol consistente, que arrancou elogios do técnico Cuca.

O treinador do Verdão disse em entrevista coletiva que o Tigre é melhor que algumas equipes que estão na Libertadores e ressaltou a forma que o time aurinegro atuou, propondo um jogo aberto e de correria, sem medo de jogar para frente.

Veja a lista do Torcedores.com:

 

1 – Empenho e união dos jogadores

Antes de iniciar o Paulistão, a diretoria do Tigre mostrou preocupação e pessimismo com a tabela da FPF (Federação Paulista de Futebol), que rebaixou seis equipes na competição. Mesmo sabendo dos desafios do campeonato regional mais competitivo do país, o elenco mostrou ao longo da temporada, que a união e determinação de cada jogador foram fundamentais para chegar aos resultados alcançados. Em diversas entrevistas os atletas do Tigre costumavam dizer que o grupo estava muito unido e motivado.

2 – Mescla de jogadores jovens e experientes

Dizem que todo time começa com um bom goleiro. No gol do São Bernardo, o experiente Daniel de 34 anos é uma das referências da equipe. O zagueiro Luciano Castan e o meia Cañete, ambos de 26 anos, mesmo com pouca idade, já possuem experiência, conhecem bem os atalhos do campo e exercem liderança no elenco. Enquanto os mais novos, como Allyson de 20 anos e Walterson de 21, possuem agilidade e a coragem da juventude. Ingredientes que tornaram o São Bernardo, uma equipe equilibrada e coesa.

3 – Torcida que incentiva

Ingresso caro é um dos principais responsáveis por estádios vazios no país. Mesmo com a crise que o Brasil vive, o torcedor se esforça, para acompanhar o time. Apesar de o Primeiro de Maio lotar, apenas nos jogos contra times grandes e a diretoria criar um plano Sócio Torcedor com poucos atrativos, a média de público do São Bernardo no Campeonato Paulista foi de 4.203 torcedores por partida. Mais do que números, o que se observou na competição, foi uma torcida que fez festa em todos os jogos e motivou o time do início ao fim da temporada.

4 – Sérgio Soares no comando

Quando o técnico Sérgio Soares chegou ao clube, a equipe havia conquistado apenas uma vitória nas seis primeiras rodadas do Paulistão. Além de sacudir o elenco, o treinador trouxe sua experiência e conhecimento para o grupo. Familiar com o ABC Paulista, Sérgio logo deu cara nova ao time, com mais posse de bola, valorização da marcação e aumento no desempenho das finalizações, ao terminar a competição sendo o sexto melhor ataque com 22 gols marcados.

5 – Aprendeu a jogar a competição

Desde que chegou à elite do Campeonato Paulista em 2010, o São Bernardo amargou apenas um descenso em 2011. De lá pra cá, foram cinco participações no estadual mais equilibrado do Brasil, o que fez o time criar sequência na competição. A experiência levou o time a conquistar bons resultados, como o empate por 1 x 1 na primeira rodada, contra o Santos na Vila Belmiro e a vitória contra o São Paulo por 3 x 1, no Pacaembu.