Caixa concede aval ao Corinthians para negociação do naming rights

Facebook Arena Corinthians

 

O Timão pediu e a Caixa Econômica Federal que é patrocinadora master do Corinthians, deu aval para que o naming rights da Arena seja negociado.

Leia mais:

11 fatos que ocorreram no Corinthians desde o início das negociações do naming rights 

Fundo que está comprando naming rights que Tevez de volta ao Corinthians 

As informações são do Uol Esporte. O naming rights que deverá ser também de uma empresa ramo financeiro, deve ser acertado com a Caixa para que os patrocínios não gerassem conflitos. Com isso, a Caixa continuará com a parte da frente da camisa, mas não mais em nenhum outro lugar e a empresa com as costas. Por este motivo também pode ser associado a demora do acerto entra a Caixa e o Corinthians pelo patrocínio master.

De acordo com o informado pelo presidente Roberto de Andrade a membros do Conselho Deliberativo na última segunda-feira, o anúncio oficial deve ser feito no início de maio. Os dirigentes negam que o suposto novo parceiro seja um banco, porém é do ramo financeiro, podendo ser por exemplo uma investidora ou uma empresa relacionada a empréstimos. O nome da empresa está guardado a sete chaves, ao menos por enquanto.

Depois do impasse com a Caixa, de acordo com o blog do Perrone há mais um empecilho a ser resolvido com outra empresa, a Omni que faz o gerenciamento do programa ‘Fiel Torcedor’ que também ficaria sob responsabilidade da empresa dona do naming rights. Porém, a Omni tem contrato até 2019 e estaria dificuldade a negociação.

A publicação ainda diz que o contrato de negociação teria cerca de 700 páginas.

Veja nota na íntegra: http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2016/04/22/caixa-da-aval-ao-corinthians-para-assinatura-de-contrato-dos-naming-rights.htm

Crédito da foto: Facebook Arena Corinthians

 



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."