Brasileiras surpreendem no WTA de Bogotá

Paula Gonçalves, à esquerda, e Gabriela Cé, à direita, juntas a Carlos Kirmayr (Foto: Reprodução/Facebook Oficial Paula Gonçalves)

Apesar de não contarmos mais com Teliana Pereira, o Brasil vem dando show nas quadras de Bogotá. Paula Gonçalves e Gabriela Cé surpreenderam ao alcançarem as últimas fases do torneio. Nesta sexta-feira (15), Paula ultrapassou sua melhor marca na carreira chegando a uma semifinal de simples do circuito da WTA, já Gabriela, junto da venezuelana Andrea Gamiz, chegou à final na chave de duplas, na capital colombiana.

LEIA MAIS:
Rafael Nadal homenageia Kobe Bryant
Incrível! Senhora de 69 anos vence partida profissional de tênis contra jovem de 22

Além de atingir a melhor marca de sua carreira, Paula Gonçalves enfrentou e derrotou em todas as rodadas do WTA de Bogotá jogadoras com melhores rankings que o seu. Para chegar à semifinal, a brasileira venceu a russa Alexandra Panova, que havia derrotado a tenista melhor posicionada do torneio, por dois sets a zero e parciais de 6-4/6-3. Paula tem 25 anos e ocupa atualmente a posição 238 do ranking, porém, na próxima segunda-feira, ela entrará no top 200 pela primeira vez com o resultado até então alcançado na Colômbia. Em seu último passo até a final, ela enfrentará a espanhola Silvia Soler-Espinosa.

Pela chave de duplas, Gabriela Cé já está na decisão em Bogotá. Em parceria com Andrea Gamiz, elas chegaram a derrotar as terceiras cabeças de chave do torneio logo na estreia e, nesta sexta, alcançaram à final ao vencerem a dupla formada pela búlgara Aleksandrina Naydenova e a chilena Daniela Seguel de virada por dois sets a um, parciais de 3-6/6-3/10-5. Na grande decisão, a brasileira e sua dupla enfrentarão a espanhola Lara Arruabarrena e a alemã Tatjana Maria. Gabriela tem 23 anos e já tem um título de WTA conquistado no fim de 2015 nas duplas em Carlsbald, nos Estados Unidos.

Em 2015, Teliana Pereira consagrou-se campeã do WTA de Bogotá acabando com um jejum de 27 anos sem conquistas brasileiras em torneios de primeira linha do circuito feminino.