5 motivos que fizeram de Telê Santana o maior técnico do São Paulo

Reprodução/Youtube Oficial São Paulo FC

 

Hoje, 21 de abril de 2016, completa-se 10 anos da morte do ex-técnico do São Paulo Telê Santana da Silva. Até hoje é lembrado com carinho por torcedores e funcionários do time. Vamos conferir 5 motivos que fizeram o “Mestre” ser o maior técnico do São Paulo.

LEIA MAIS: Ganso no banco de reserva revolta torcida do São Paulo

1- Levou o São Paulo de uma posição intermediária para a final do Campeonato Brasileiro

Quando chegou, o time tinha saído de uma má fase no Campeonato Paulista, estava em um nível intermediário e com Raí no banco. Mas quando Telê assumiu, conseguiu destacar-se e o time chegou a final do Brasileiro, ficando em vice diante do Corinthians.

2- Conquistou o primeiro título do Mundial de Clubes e da Copa Libertadores da América em 1992

Pela Libertadores venceu o time argentino Newell’s Old Boys na disputa de pênaltis. Pelo Mundial, foi ao Japão e marcou 2X1 no Barcelona. Stoichkov abriu o placar para o time espanhol e Raí marcou dois, virando o jogo para o Tricolor. Além disso, conquistou pela segunda vez consecutiva o campeonato Paulista. Com essas marcas, ganhou o prêmio de “Melhor Técnico da América do Sul” em 1992.

3- Único técnico do mundo a conquistar 4 títulos internacionais em um mesmo ano

1993 foi um grande ano para o São Paulo e para o Telê Santana. O primeiro título foi a Copa Libertadores da América, em que venceram  Universidad Católica por 5 a 3 no resultado agregado. A segunda conquista, foi a Recopa Sul-Americana. Após empatarem contra o Cruzeiro, a vitória veio nos pênaltis.  Depois, campeão da Supercopa Libertadores, conquistada também na disputa de pênaltis, dessa vez contra o Flamengo. Para finalizar com chave de ouro, veio o título mundial em dezembro. O Soberano marcou 3X2 no Milan. Com tudo isso, o técnico conquistou a quádrupla coroa internacional.

4- Técnico que mais gerou títulos oficiais ao clube

No total foram 10 títulos oficiais e outros 11 torneios amistosos. Telê comandou o São Paulo por 411 jogos. Se fizermos as contas, ele tem, em média, a conquista de um título oficial a cada 41 jogos.

Confira os títulos oficiais:

1991: Brasileiro e Paulista

1992: Mundial, Libertadores e paulista

1993: Mundial, Libertadores, Supercopa e recopa

1994: Recopa

5- Ídolo no time

Telê Santana foi chamado de Mestre pela torcida e é até hoje relembrado. Em entrevista para o SPFC TV (no Youtube), Rogério Ceni disse:

“Telê foi um cara extremamente importante na minha formação como atleta, como pessoa, um cara que me ajudou muito desde os conselhos, as broncas, os incentivos a cada dia. É um cara que tem uma ligação muito especial com o São Paulo, com a história do São Paulo, com a conquista das duas Libertadores, os dois Mundiais, mas acima de tudo os conceitos de vida que eu acho que, principalmente na década de 90, foram importantes para a formação de atletas como eu e tantos outros que surgiram no futebol. Não só aqueles 11 jogadores dos campeonatos mundiais como muita gente que seguiu no futebol para outras equipes. Sem dúvida o Telê foi um diferencial na vida de cada um”

Além dele, o auxiliar técnico Pintado também deu declarações. É possível notar a saudade que bate e a emoção ao falar do amigo: “Eu trago isso no coração. Então o Telê está muito presente, não dá para a gente deixar de lado. Está na história e no coração de todos. Sinal de vitória, de grandes momentos que a gente nunca vai esquecer”.