Sobrou para quem? Veja o que Muricy falou após vexame do Flamengo na Copa do Brasil

Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

O técnico Muricy Ramalho, como era de se esperar, não gostou nada da atuação do Flamengo na estreia da Copa do Brasil. Na última quarta-feira, a equipe rubro-negra, mesmo com um jogador a menos em quase toda partida, foi derrotada pelo Confiança-SE por 1 a 0 em Aracaju e terá que reverter a desvantagem no dia 13 de abril, em Volta Redonda.

LEIA TAMBÉM:
Confiança-SE 1×0 Flamengo: assista ao gol da primeira zebra na Copa do Brasil

Virou caratê? Jogador do Flamengo é atingido por chute no rosto e desaba; assista
Noticiário político faz Globo perder início de jogos de Corinthians e Flamengo

Na entrevista coletiva, Muricy reconheceu que a obrigação do Flamengo era vencer a partida contra o time sergipano, que anotou seu primeiro triunfo sobre o adversário em sua história. Se muitos jogadores reclamaram de falta de sorte nas finalizações ao longo da partida, o comandante teve discurso diferente, e reclamou bastante do nível apresentado na etapa final.

Veja os principais trechos da entrevista de Muricy:

Avaliação do jogo
No primeiro tempo tivemos oportunidades, mas não fizemos o gol. Era para matar o adversário, não podia dar chance. Mas não fizemos, eles se arrumaram e cresceram no jogo. No segundo tempo não jogamos nada. A gente não pode reclamar não. Ficamos sem saída de bola. Tem que dar os parabéns ao Confiança. O conjunto deles foi bem, marcaram bem mesmo perdendo jogador cedo. Eles suportaram muito bem.

Tentativas
No segundo tempo a gente não saiu da marcação deles, faltou pouco de controle da partida e do último passe. Tentei colocando Alan Patrick (no lugar de Ederson), que passa bem a bola, mas tem jogo que é assim mesmo. Mas era obrigação da gente ganhar com um homem a mais. Saímos decepcionados, jogamos com um a mais desde o primeiro tempo, tivemos muitas chances, mas não fizemos. O segundo tempo foi muito ruim, mas não tem do que reclamar, como eu já disse.

Queda de produção
Estávamos jogando bem nos últimos jogos, criamos bastante nas últimas partidas e até no primeiro tempo tivemos chances na área do adversário. Mas no geral não jogamos bem, principalmente no segundo tempo.

Foi por causa do desgaste?
Nosso último jogo foi sábado. Se fosse domingo… E tivemos até recuperação boa. Não foi por isso (a derrota). Não foi condição física, embora até ache que os jogadores sentiram no segundo tempo. Mas não foi isso, jogamos muito mal.

Mudanças para o Fla-Flu
Tem que esperar para ver a recuperação do time. Tem que ver como estão os jogadores, ver com quem pode contar.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.