Sharapova desmente ter sido avisada cinco vezes sobre doping

Federação Francesa de Tênis

A tenista Maria Sharapova negou ter sido avisada cinco vezes sobre a proibição de Meldonium, substância pela qual a russa reprovou no exame antidoping.

LEIA MAIS:
RAFAEL NADAL SOBRE DOPING: “SOU COMPLETAMENTE LIMPO”
SAIBA QUANTO O DOPING VAI CUSTAR A MARIA SHARAPOVA

Na noite desta sexta-feira (11), a russa Maria Sharapova desabafou em suas redes sociais por conta de reportagens veiculadas na imprensa acerca de seu doping.

Suspensa preventivamente após o anúncio da falha em exame de doping realizado no Aberto da Austrália, em janeiro deste ano, Sharapova veio a público para esclarecer aos fãs as reportagens que afirmaram que ela havia sido avisada cinco vezes sobre a proibição de Meldonium.

A russa disse que recebeu um aviso no dia 22 de dezembro e admitiu descuido ao não conferi-lo adequadamente.

“Reportagens veiculadas afirmam que fui avisada cinco vezes sobre a exclusão do medicamento que eu estava tomando. Isso não é verdade”, escreveu Sharapova. “Não quero dar desculpas. Mas isso é uma distorção do que realmente aconteceu.”

A tenista afirma que os avisos vieram, mas em diferentes formatos, como em cartilhas, newsletters e links escondidos em websites.

“Em 18 de dezembro recebi um e-mail que continha uma newsletter com informações sobre viagens, próximos torneios, ranking, estatísticas, boletim, os aniversariantes e, sim, informação sobre doping. Nesse e-mail se o jogador quisesse ler algo específico sobre remédios adicionados seria necessário abrir uma dúzia de links relacionados, entrar no site, colocar usuário, senha, ler uma página inicial com diferentes links e encontrar essas informações sobre ‘Mudanças do antidoping de tênis em 2016’. Em outras palavras, para encontrar essa advertência seria preciso clicar em muitas coisas. Acredito que alguém da mídia possa chamar isso de advertência. Mas a maioria iria achar difícil de achar”, desabafou Sharapova.

A atleta ainda relembrou os outros “avisos”, assim chamados pela mídia, como cartão distribuído aos tenistas, com “milhares de termos técnicos minúsculos”.

Maria Sharapova deverá conhecer sua pena no próximo dia 23, quando será julgada em Londres. A pena máxima pode chegar a quatro anos de suspensão das quadras.



Jornalista | Escritora Há 10 anos dedicando-se ao meio esportivo, com enfoque em mídias sociais e produções audiovisuais. Autora do site Guia dos Esportes - Conhecendo o mundo através do esporte, especialista de conteúdo da Seconds Entretenimento Esportivo, colunista dos sites Autoracing (F1), repórter e colunista do Portal Rackets (tênis).