Saiba qual foi o único palmeirense a brilhar na noite de quinta-feira

Getty Images

O Palmeiras perdeu por 1×0 para o Nacional do Uruguai e se complicou na Libertadores. A derrota na noite desta quinta-feira deixou o time com apenas 4 pts na 3° colocação do Grupo 2. Na estreia de Cuca, o time não foi bem e acabou dominado na maior parte do tempo pelo Nacional.

LEIA MAIS:

Herói do Grêmio na Argentina já despertou o interesse de gigante da Europa

ENQUETE – Quem é melhor: Marcelo Grohe ou Alisson? Vote!

Mas se os jogadores do Palmeiras não tiveram um grande desempenho nesta quinta-feira, o mesmo não pode ser dito de um ilustre torcedor do clube. Carlos Bernardes, torcedor declarado do alviverde e um dos principais árbitros do quadro da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), teve uma atuação impecável no comando do jogo entre Milos Raonic e Gael Monfils, válido pelas quartas de final do Masters 1000 de Indian Wells.

É bem verdade que Bernardes não teve muito trabalho. Tanto Raonic quanto Monfils apresentam um perfil sereno e de poucas palavras com os árbitros de cadeira durante os jogos, diferentemente de jogadores como Andy Murray, Fabio Fognini e Nick Kyrgios. Mesmo assim, Bernardes não errou nenhuma chamada e conduziu com perfeição a partida entre os dois tenistas.

Em quadra, Milos Raonic fez valer sua grande fase e impôs o seu jogo sobre Gael Monfils. O canadense venceu com parciais de 7/5 6/3 e garantiu vaga na fase de semifinal do torneio americano. Na próxima fase, medirá forças contra o belga David Goffin, que, também nesta quinta, eliminou o croata Marin Cilic.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.