Saiba como Fluminense pretende se tornar um clube auto sustentável

Foto: Fernando Torres/Fluminense F.C

O Fluminense conta com ajuda do diretor não remunerado de desenvolvimento sustentável, Luiz Carlos, para se tornar o Tricolor das Laranjeiras com trabalhos voltado a ações inovadoras. A ideia da equipe carioca é realizar ações que são voltadas ao meio-ambiente e também se ser um dos primeiros times a cuidar da sustentabilidade em 2016, conforme mostra o jornal “Extra”.

LEIA MAIS:
DIEGO SOUZA FALA SOBRE A PREPARAÇÃO DO FLUMINENSE E MANDA RECADO AO FLAMENGO

Luiz Carlos tentava transformar o Fluminense como um clube alto sustentável desde 2011, onde a ideia é trazer empresas e órgãos governamentais a investir no futebol. Além dos projetos de sustentabilidade que o Tricolor das Laranjeiras deve realizar nos próximos anos.

Luiz Carlos ganhou no Fluminense o apelido de “verdinho”, conforme mostra o jornal Extra. O dirigente garante que não fala só em preservação e que sempre em dia de jogos, não abre mão de ir aos jogos clube com seus filhos cantando o huno do Tricolor das Laranjeiras.

“Eu não abro mão de ir para o Maracanã no carro com meus filhos. É que ali dentro a gente já vai fazendo a nossa festa particular, ouvindo o rádio alto e cantando o hino do clube. É o único luxo ao qual eu me permito”, diz Luiz Carlos.

Luiz Carlos quer agora fazer palestras nas Laranjeiras, com os funcionários e jogadores do Fluminense. O dirigente revela a cor verde na camisa do Tricolor das Laranjeiras e destaca que pretende mostrar o significado da sustentabilidade no clube e o que pode atrair.

“Dos quatro grandes do Rio, o único que tem verde somos nós. Então já começamos a mostrar que, além de simbolizar a esperança, o verde está ligado ao projeto de sustentabilidade do planeta” concluiu para o jornal Extra.



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com