Que fase! Barrios é “esquecido” por Palmeiras em aeroporto; assista

Reprodução/TV Globo

Quando a fase não está boa, você acaba até esquecido no aeroporto. Bom, isso é o que aconteceu com o atacante Lucas Barrios no desembarque do Palmeiras em São Paulo após a derrota para o Nacional por 1 a 0 pela Libertadores, na última quinta-feira. Em matéria do Globo Esporte SP, a repórter Joanna de Assis flagrou o paraguaio ficando para trás da delegação alviverde no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

LEIA TAMBÉM:
Carta para Cuca: como quero meu Palmeiras daqui para frente!
Com G. Jesus, Cuca encontrou esquema ideal para o Palmeiras; PVC analisa
Juca Kfouri desdenha do Palmeiras na Libertadores: “não há razões para acreditar’
Eliminado? Palmeiras já teve que superar “lógica” e seguiu vivo na Libertadores; relembre
Veja combinações de resultados ideais para Palmeiras ir às oitavas na Libertadores

Barrios se atrasou um pouquinho no desembarque e viu o ônibus que levava o grupo alviverde ir embora. Joanna, então, não perdeu a oportunidade de brincar com o jogador, que ficou à espera de outro transporte.

“Esqueceram você, Barrios?”, perguntou a jornalista do SporTV. “Não, fui na Polícia, por isso”, respondeu Barrios, acompanhado de um funcionário do Palmeiras. “Você ficou no free shop?“, brincou Joanna. “Quem dera”, finalizou o centroavante camisa 8, que só disputou quatro partidas pelo Verdão em 2016 e não marcou nenhum gol. Você pode acompanhar a reportagem completa no link

O camisa 8 e todo elenco entram em campo, neste domingo, às 18h30 (horário de Brasília) contra o Audax, em Osasco, pelo Campeonato Paulista. O técnico Cuca terá mais cinco jogos pelo Estadual antes da partida decisiva contra o Rosario Central, dia 6 de abril, na Argentina pela Libertadores.

O Verdão precisa de duas vitórias nos dois últimos jogos para sonhar com a classificação para as oitavas de final do torneio sul-americano.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Reprodução/TV Globo



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.