Palmeiras: Confira o retrospecto do técnico Cuca na Taça Libertadores

César Greco/Ag. Palmeiras

Quinta-feira o técnico Cuca, recém-contratado pelo Palmeiras, faz sua estreia na Taça Libertadores da América como novo comandante alviverde. O treinador já disputou a competição sul-americana por outras três equipes, São Paulo, Cruzeiro e Atlético-MG, com resultados relativamente bons.

LEIA MAIS:
MATTOS CREDITA MAUS RESULTADOS DO PALMEIRAS À ‘FALTA DE ORGANIZAÇÃO’
NACIONAL-URU X PALMEIRAS: ACOMPANHE O PLACAR AO VIVO

Confira os números de Cuca, levantados pelo site “Fox Sports”:

São Paulo – 2004: Para muitos, Cuca foi o grande mentor do São Paulo, que viria a ser campeão mundial de 2005 sob a batuta de Paulo Autuori. Em 2004 o técnico fez uma ótima Libertadores com o Tricolor, mas acabou caindo para o Once Caldas, que, na sequência, levantou o caneco. Foram 12 jogos, com 8 vitórias, 1 empate e 3 derrotas. Este time foi o início de uma grande equipe, formada por nomes como Josué, Danilo e Grafite, todos originários do Goiás, além do uruguaio Lugano, em sua melhor fase na carreira.

Cruzeiro – 2011: Apesar de ter sido eliminado nas oitavas de final, coincidentemente também pelo Once Caldas, o técnico fez um bom trabalho na Libertadores de 2011, com apenas uma derrota em oito jogos. Cuca foi muito criticado pois tinha um time com várias estrelas na mão, como o lateral-esquerdo Gilberto, o meia Montillo e o atacante Farías. Além da derrota para o Once Caldas em casa, foram 6 vitórias e 1 empate.

Atlético-MG – 2013: Após bater na trave em duas ocasiões, Cuca enfim conseguiu levantar a tão aclamada Taça Libertadores. Com um time marcante, e organizado pelo genial Ronaldinho Gaúcho, foram 10 vitórias, nenhum empate e 4 derrotas. Por mais contraditório que isso possa parecer, Cuca obteve o maior êxito na competição quando mais perdeu. Porém, nem tudo são flores: o time do Atlético-MG oscilou muito durante a competição, e quase viu o título escapar das mãos contra o Tijuana, em pleno Independência, mas o goleiro Vítor, em brilhante noite, garantiu a classificação do Galo.

Em resumo, Cuca tem um bom retrospecto nesta que pode ser considerada a principal competição de futebol da América. Em 34 jogos no campeonato, conseguiu 24 vitórias, empatou duas vezes e perdeu outras 8.



Jornalista