OPINIÃO: Quais técnicos deveriam treinar as principais seleções do mundo?

Divulgação/ Chelsea FC

Se as seleções podem reunir os melhores atletas para formar um time qualificado para disputar uma Copa do Mundo, por que as federações não escolhem os melhores técnicos do seu país para comandar no torneio mundial?

LEIA MAIS: CUCA SE TORNARÁ O 20º TÉCNICO A COMANDAR O PALMEIRAS NA LIBERTADORES

Já imaginou ver na Copa do Mundo da Rússia de 2018 José Mourinho como treinador de Portugal? Mesmo que a seleção portuguesa sofra com a falta de “matéria viva” ou de jogadores qualificados, Mourinho com certeza ia fazer um grande trabalho.

Na Espanha temos a disputa entre Pep Guardiola e Luis Enrique, os dois técnicos espanhóis mais badalados no momento. Porém, Guardiola tem uma carreira mais abrangente e vitoriosa, do que o atual técnico do Barcelona.

Antônio Conte, atual treinador da Itália, está de saída da seleção. Poderíamos ver Carlo Ancelotti como técnico da Azzurra. Ganhador de três edições da Liga dos Campeões da Europa, o italiano ainda acumula títulos nacionais em quatro países diferentes.

Na seleção holandesa gostaria de ver Ronald Koeman, um dos pilares da boa campanha do Southampton no campeonato inglês. Ainda na Europa, a França poderia dar uma oportunidade ao mito e eterno Arsène Wenger. A Alemanha pode continuar com Joachim Low,mas Jurgen Klopp está de olho na vaga.

O que me chamou a atenção foi à seleção inglesa.  Não vemos há muito tempo um técnico inglês badalado na Europa ou até mesmo na Inglaterra. Desde que a Premier League foi criada, nenhum treinador inglês ganhou o campeonato local. Fica difícil escolher um nome para comandar a seleção, mas para não deixar em branco fico com Brendan Rogers, ex-técnico do Liverpool.

A Argentina, vice-campeã da última Copa do Mundo, coleciona bons treinadores nos clubes da América do Sul e na Europa. Mas o principal e mais requisitado nos últimos tempos é Diego Simeone. O argentino vem tirando leite de pedra comandando o Atlético de Madrid contra os multimilionários, Real Madrid e Barcelona.

Com passagem rápida pelo São Paulo, o colombiano Carlos Osório, hoje treinador da seleção mexicana, seria o nome certo para a Colômbia. Na seleção uruguaia o técnico Gustavo Matosas, treinador do Atlas-Mex, seria um nome forte para revolucionar a Celeste.

Atual campeã da Copa América, a seleção chilena poderia contar com Manuel Pellegrini, atual treinador do milionário Manchester City.

E no Brasil? Quem deveria ser o treinador da seleção brasileira?

Atualmente Tite é o melhor técnico em atividade no futebol brasileiro. Multicampeão pelo Corinthians, o treinador seria uma ótima opção para renovar a seleção. Um técnico moderno, que não tem medo de inovar na escalação da equipe e mudar o padrão tático de jogo.