Opinião: O Barcelona estava tranquilo e o resultado favorável

Barcelona x Atlético de Madrid
Foto: Getty Images

Para começar, um jogão pelo nome. Barcelona contra Arsenal. Não é todo dia que se vê uma disputa dessas, entre dois dos maiores times do mundo, para ver quem avança para as quartas de final da Liga dos Campeões da UEFA. O Barça já tinha feito dois gols no jogo passado, e o Arsenal, não tinha nada. O time catalão, como sempre, desde o início da partida pressionou as saídas de bola da equipe inglesa, que teve dificuldade em levar a bola para o ataque.

LEIA MAIS:
SUÁREZ, MESSI, CUADRADO… SÓ GOLAÇO! VEJA OS 5 GOLS MAIS BONITOS DESSA QUARTA NA LIGA DOS CAMPEÕES
TOTTENHAM X BORUSSIA DORTMUND: ACOMPANHE O PLACAR AO VIVO

O Barcelona tem sempre seus três homens de frente bem abertos, Messi, Suárez e Neymar. Uma coisa é certa, sempre que um dos três pegar na bola, os outros dois saem da marcação e recebem com chances de chutar para o gol. Claro, que os outros jogadores são repletos de habilidade, e o “repertório” de jogadas do time é muito grande.

Foi assim no primeiro gol catalão, Suárez mandou para Neymar que recebeu livre na entrada da área e mandou para o fundo do gol de David Ospina. Por essa o Arsenal não esperava. O jeito foi correr atrás do prejuízo, e o time teve muitas chances, mas com o desespero as finalizações não tiveram resultado positivo.

Na segunda etapa, logo no início, Elneny chutou de fora e fez para o Arsenal. O gol serviu para colocar “fogo” na disputa. Porém, o time catalão que não gosta de placar apertado logo fez questão de fazer um golaço. Suárez recebeu dentro da área e mandou para o gol, uma mistura de voleio com karatê. Novamente o Barcelona ficou na frente, tranquilo.

Por fim, a classificação já estava difícil para o time de londrino e favorável para o Barcelona. Mas faltava o gol de Messi, que entrou na área e fez mais um. O final ficou assim: Barcelona 3 e Arsenal 1. A reflexão que fica é: O que é preciso para parar o time do Barça?