Opinião: Lenis é o melhor reforço do Sport em 2016; veja a análise dos contratados pelo Leão

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Após ter sofrido um desmanche em seu elenco no final da temporada passada, o Sport contratou 12 jogadores para o começo de 2016. Alguns destes já provaram que serão importantes no resto do ano, enquanto outros ainda não mostraram suas credenciais.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Sport acerta empréstimo de Saulo a outro clube nordestino

Dos 12 contratados, o meia-atacante Reinaldo Lenis foi o mais caro. O Sport pagou mais de R$ 3 milhões para contar com o colombiano ex-Argentinos Jrs, e o jogador tem mostrado que o investimento foi acertado. Com habilidade e disposição dentro de campo, o camisa 7 já marcou quatro gols e distribuiu assistências, caindo na graça dos torcedores.

Túlio de Melo: Contratado para ser o principal goleador do Sport no ano, Túlio iniciou a temporada sendo questionado e criticado após dois jogos sem marcar gols, em derrotas do Leão. No entanto, o camisa 99 balançou as redes adversárias nas cinco partidas seguintes e hoje é o artilheiro rubro-negro.

Mark González: Lesionado, não atua desde 3 de fevereiro. Ainda não se pode dizer que é a maior decepção do Sport em 2016, mas, após chegar com pompas de jogador de Copa do Mundo e de anos no futebol europeu, o meia chileno terá de provar – muito mais – quando retornar de lesão.

Serginho: Também vaiado nos dois primeiros jogos, o volante é um dos reforços que já firmou sua vaga como titular no meio-campo do Leão da Ilha, formando dupla de volantes com Rithely.

Gabriel Xavier: Meia que chegou para ocupar o posto de “camisa 10” do time de Falcão, mas que, em pouco tempo de clube, ainda não se firmou como um dos principais jogadores do elenco. Tem oscilado entre boas e razoáveis atuações. É esperado se firme em breve.

Jhonathan Goiano: Contratado para brigar por posição no comando de ataque, o atacante – que estava no futebol coreano – ainda não conseguiu emplacar uma sequência de jogos, por conta de lesão. Está há mais de um mês longe dos gramados. Terá de provar que sua contratação foi acertada assim que retornar.

Luiz Antônio: Desde o começo da temporada, o volante emprestado pelo Flamengo tem mostrado seu valor no elenco do time pernambucano. Tido por Falcão como um dos jogadores mais úteis do elenco, foi titular em uma sequência de oito jogos sem perder do time. Além de marcar os atacantes adversários, também ajuda no ataque, já tendo marcado dois gols.

Vinícius Araújo: Último dos 12 reforços a chegar no Sport, o atacante ex-Cruzeiro marcou seu primeiro gol pelo Leão na última semana. Atuou um jogo como titular e outros como reserva. Falcão ainda não decidiu se irá utilizá-lo junto com Túlio de Melo ou se a dupla disputará uma única posição.

Christianno: Reserva absoluto de Renê em todos os jogos da temporada. Ainda não agradou quando ganhou chance de jogar.

Henríquez: Zagueiro colombiano que chegou para disputar vaga na defesa rubro-negra. Com as sucessivas falhas de Matheus Ferraz, conquistou a titularidade na última semana. É esperado que ganhe uma sequência como titular para mostrar seu valor.

Maicon: Lateral-direito que retornou ao Brasil após passagem no futebol italiano. Em seu início no Sport, foi usado por Falcão como ponta direita, por conta de necessidades dos jogos. Como lateral, ainda não teve chance de atuar por vários jogos seguidos, por conta de lesão que o manteve afastado por um mês.

Luís Gustavo: Um dos primeiros reforços confirmados pelo Sport, ainda em dezembro, o zagueiro chegou na Iha do Retiro como uma aposta, vinda do futebol gaúcho. Até então, só esteve em campo por um jogo.



Baiano, 22 anos, jornalista em formação pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol, este último com maior fervor. Contato: victorw10@outlook.com