Opinião: Para o Corinthians é vencer ou vencer

Crédito da foto: Divulgação/Daniel Augusto Jr. /Agência Corinthians

O jogo desta noite para os corintianos ganhou uma cobrança maior já que o Independiente Santa Fé-COL goleou o Cobresal– time chileno já está eliminado – somando sete pontos e assumindo a liderança do grupo B. O Corinthians precisará fazer o dever de casa, para respirar mais aliviado e recuperar a liderança.

LEIA MAIS:
Corinthians rejeita proposta de R$ 80 milhões só em luvas do Esporte Interativo

A derrota na última semana para o Cerro Porteño-PAR, adversário de logo mais, acendeu a luz amarela de atenção para o time de Tite; já que na próxima rodada o clube irá a Bogóta enfrente o atual líder da chave, desta forma o jogo de hoje ganha um caráter de decisão. Uma derrota poderia se crucial e colocaria em risco a classificação do clube a próxima fase.

Tite vai para o duelo com duas baixas: Rodriguinho e André expulsos no último jogo. Em entrevista coletiva, o técnico confirmou a entrada do jovem Maycon e Luciano, no lugar dos atletas suspensos. A atacante ganha nova chance como titular, após um tempo afastado por contusão; deixando o experiente Danilo que disputava a vaga no banco. Já o jovem meio-campista fará sua estreia em Libertadores, e vem sendo muito elogiado pela comissão técnica.

“Um menino que amadureceu que está amadurecendo, que tem uma experiência que é do jogo. Às vezes vocês conseguem captar que tem atletas que têm capacidade de entender posição e função, fazer o funil. Ele é assim”, comentou Tite.

Corinthians e Cerro Porteño se enfrentam nesta quarta, às 21h45(de Brasília). Na Arena Itaquera, os clubes devem ir a campo com:

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Yago ( Valbuena) e Uendel; Bruno Henrique; Giovanni Augusto, Guilherme, Maycon e Lucca; Luciano. Treinador: Tite.

CERRO PORTEÑO: Antony Silva; Carlos Bonet, Víctor Hugo Mareco, Bruno Valdez e Junior Alonso; Jorge Rojas, Rodrigo Rojas, Fidencio Oviedo e Sergio Díaz; Luís Leal e Guillermo Beltrán. Treinador: César Farias.