Opinião: a improvável classificação do Palmeiras passa pela capacidade de Cuca se reinventar

Foto: Cesar Greco / Fotoarena

Cuca precisa mostrar a que veio se quiser a sonhada classificação do Palmeiras para a próxima fase da Copa Libertadores.

LEIA MAIS:
PVC APONTA OS PRINCIPAIS ERROS DO PALMEIRAS NA DERROTA PARA O NACIONAL
5 ERROS CAPITAIS DE CUCA EM SUA ESTREIA PELO PALMEIRAS

A classificação do Palmeiras para a próxima fase da Copa Libertadores 2016 tornou-se improvável. Agora, mesmo com duas vitórias nas partidas que restam da disputa da fase de grupos da competição, o Verdão pode ser eliminado numa combinação macabra em que ficaria desfavorecido por conta do saldo de gols.

Até aí, não pensemos na possibilidade de eliminação. Com o pensamento nas vitórias, e somente nas vitórias, o que Cuca teria de fazer? Se reinventar, pra começo de conversa. Um bom técnico precisa ter a capacidade de sair do buraco com novas estratégias, visões de jogo e ousadia para alcançar o que parece impossível.

A pressão é tremenda! Perder na próxima rodada já pode significar o “adeus” ao torneio mais almejado do futebol sul-americano. A responsabilidade pela eliminação, obviamente, não cairá inteiramente nos ombros do técnico recém-contratado. Já a responsabilidade por uma classificação “heroica”, essa sim, cairá muito bem nas costas de Cuca. E esse é um peso que ele irá gostar de carregar.

A sorte está ao lado do Palmeiras, pelo menos quando o assunto é tempo. Cuca terá três semanas para trabalhar intensamente a equipe, e com isso fazer com que o time seja capaz de botar a bola no chão com toque de bola e velocidade seja para agir no contra-ataque ou para manter a posse e envolver o adversário. As laterais precisam ser mexidas. A não ser por um milagre da bola, Lucas e Egídio precisam sair do time imediatamente.

O que Cuca pode mudar nessas três semanas? É esperar para ver.



Jornalista | Escritora Há 10 anos dedicando-se ao meio esportivo, com enfoque em mídias sociais e produções audiovisuais. Autora do site Guia dos Esportes - Conhecendo o mundo através do esporte, especialista de conteúdo da Seconds Entretenimento Esportivo, colunista dos sites Autoracing (F1), repórter e colunista do Portal Rackets (tênis).