Na volta de Morais, São Bento encara o Mogi Mirim no Vail Chaves

Foto: Divulgação/São Bento

O Bentão tem um importante duelo pela décima rodada do Campeonato Paulista 2016, em Mogi Mirim, enfrenta a equipe da casa.

Se todos os times ainda sonham com algo no Campeonato Paulista, Mogi Mirim e São Bento dependem do resultado deste sábado para ficar mais perto ou longe de seus objetivos. O Sapo conta com o fator casa para vencer após quatro partidas e se fortalecer na briga contra a degola.

O Mogi Mirim já adiantou que trata o jogo deste sábado contra o São Bento, às 18h30, como uma final no Paulistão. Isso porque o time vem de quatro jogos sem vencer e aparece na zona de rebaixamento, com apenas oito pontos, enquanto o adversário é o vice-líder do Grupo A, com 14. O confronto será no estádio Vail Chaves, em Mogi Mirim.

A fase do Mogi Mirim é tão complicada que nem a troca de comando surtiu o efeito desejado. Flávio Araújo estreou com empate sem gols contra o Oeste, resultado que mexeu pouco na classificação.

O time soma oito pontos, quatro partidas sem vencer e está em situação muito complicada na tabela. É o antepenúltimo colocado e precisa de 14 pontos para escapar do rebaixamento à Série A2 do ano que vem.

No Mogi Mirim, o técnico Flávio Araújo não poderá contar com o volante Gabriel Dias. O atleta recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Oeste e terá que cumprir suspensão automática. Para o seu lugar, o treinador definiu a entrada de Neto, ex-Paysandu. “É um atleta jovem e com bom arremate de média e longa distância”, revelou o técnico após o treino desta sexta-feira.

Do outro lado o São Bento voltou a vencer após quatro rodadas sem os 3 pontos, a equipe bateu o Rio Claro na última rodada por 3×0 e este jogo é fundamental para continuar na vice-liderança do grupo e além disso, continuar com a vaga para a próxima Série D.

Suspensos pelo terceiro cartão amarelo, o volante Eder e o atacante Andersn Cavalo desfalcarão o São Bento. No meio campo, a vaga está entre Hygor e Serginho Catarinense. Já no campo de ataque, o experiente Edno deve ganhar mais uma chance. Outra novidade pode ser o meia Morais, preservado no último final de semana. Além disso, atacante Rodriguinho está recuperado clinicamente da contusão, mas fisicamente ainda fora de forma.

Mogi Mirim: Daniel; Wendel, Saimon, Bruno Costa e Bruno Teles; Josa, Bruninho, Gustavo Costa (Jean Deretti) e Lulinha; Keké (Romildinho) e Roni.

São Bento: Henal; Bebeto, João Paulo, Pitty e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Hygor (Diego Clementino), Clébson e Morais; Rossi e Edno.

Foto: Reprodução/Facebook



Nascido em Sorocaba, acompanha futebol desde os 8 anos e é apaixonado pelo europeu. Tem simpatia pelo Argentino e também gosta muito do Brasileiro. Basquete é outra opção boa.