F1: Hamilton lidera TL1 marcado pela chuva na Austrália

Treino foi marcado pelo clima instável, mas Hamilton liderou com uma volta com pneus macios (Foto: Getty Images)

Lewis Hamilton foi o piloto mais rápido do primeiro treino livre para a disputa do Grande Prêmio da Austrália, etapa que abre a temporada 2016 da Fórmula 1. Em um ensaio marcado pelo clima instável no circuito de Albert Park, em Melbourne, o tricampeão do mundo registrou em sua melhor volta o tempo de 1min29s725, com o carro da Mercedes calçado com pneus macios, já no fim da atividade. O inglês foi o único a andar abaixo de 1min30s nos primeiros 90 minutos de ação na pista no final de semana.

LEIA MAIS:
SAIBA COMO SERÁ O NOVO TREINO DE CLASSIFICAÇÃO DA F1

O russo Daniil Kvyat foi o segundo mais veloz com o carro da Red Bull, ao ser quatro décimos mais lento em relação ao tempo de Hamilton. Daniel Ricciardo, companheiro de Kvyat, apareceu na terceira posição na classificação da atividade, seguido por Nico Hülkenberg, com a Force India. O grupo dos cinco melhores ainda conta contou com Max Verstappen, da Toro Rosso.

Nico Rosberg, com a outra Mercedes, ficou apenas com a sexta colocação na folha de tempos, seguido pelos dois pilotos da McLaren, com Fernando Alonso à frente de Jenson Button. Sergio Pérez, com outro carro da Force India, ficou com a nona colocação, enquanto Kevin Magnussen, que retorna à Fórmula 1 com a Renault, completou a lista dos dez melhores.

Os brasileiros apareceram no meio da folha de tempos, com Felipe Massa terminando a atividade em 12º com a Williams, com o tempo de 1min34s679, tempo um décimo melhor em relação ao obtido por Felipe Nasr com a Sauber, que terminou os primeiros 90 minutos da temporada 2016 com a 13ª colocação.

A Ferrari foi outra que apareceu apenas de forma discreta na atividade. Kimi Räikkönen, que chegou a aparecer na primeira colocação nos primeiros minutos do ensaio, ficou com a 17ª posição. Sebastian Vettel, por sua vez, deu uma volta de instalação já nos minutos finais, quando a chuva voltou a cair em Melbourne, e terminou a sessão sem registrar uma volta rápida.

Os pilotos da Fórmula 1 voltam à pista a partir das 2h30, pelo horário de Brasília, para a realização do segundo treino livre da temporada. O Grande Prêmio da Austrália será disputado no domingo, a partir das 2h.

O treino

O primeiro treino livre da Fórmula 1 no ano começou com o tempo nublado em Melbourne e a pista molhada no circuito de Albert Park. A maioria dos pilotos optou por dar voltas de instalação para sentir a pista, mas logo no sexto minuto da sessão, Nico Rosberg completou uma volta, registrando 1min44s037, utilizando pneus intermediários em sua Mercedes.

Pouco depois, foi a vez de o tricampeão Lewis Hamilton completar sua primeira volta na atividade, baixando em mais de três segundos o tempo obtido por seu companheiro de equipe, tomando a liderança da folha de tempos. A pista seguiu melhorando e as Red Bulls mostraram isso. Mesmo sem completar voltas, Daniel Ricciardo e Daniil Kvyat fizeram parciais melhores que as dos pilotos da Mercedes.

Ainda com os pneus intermediários, Kimi Räikkönen tomou a dianteira da classificação no 27º minuto da sessão, conquistando 1min40s754 com o carro da Ferrari. O finlandês ficou na primeira posição até o minuto 32 do ensaio, quando Ricciardo marcou 1min34s007 com pneus médios. O australiano da Red Bull melhorou sua marca ainda mais na sequência, cravando 1min32s394.

Uma rápida chuva atingiu a pista quando restavam 55 minutos para o final da atividade, fazendo com que os pilotos voltassem para os boxes. Depois de alguns minutos sem que nenhum competidor rodasse pelo circuito, Jenson Button partiu para fazer algumas voltas com pneus intermediários, sem passar perto do tempo de Ricciardo.

Sem que a pista secasse, alguns pilotos passaram a fazer stints longos, sem preocupação com o tempo de volta. Assim fizeram Romain Grosjean e Esteban Gutiérrez, responsáveis pelas primeiras voltas da Haas em uma sessão de treinos livres da Fórmula 1.

A situação mudou apenas quando restavam 21 minutos para o fim da atividade. Neste momento, Max Verstappen foi à pista com pneus macios, mas rodou com a Toro Rosso no segundo setor. Outros pilotos saíram para a pista e Nico Hülkenberg marcou 1min31s681 e colocou a Force India na liderança da folha de tempos.

Hamilton tomou a primeira posição na folha de tempos restando 13 minutos para o final do exercício, com 1min30s364. Depois, Valtteri Bottas e Rio Haryanto – primeiro indonésio a correr na Fórmula 1 – escaparam da pista e comprometeram suas voltas. Nos cinco minutos finais, Kvyat chegou a se colocar na primeira colocação, mas viu o inglês retomar a dianteira na sequência, com 1min29s725.

Foto: Mercedes



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.