Em grampo da Lava-Jato, Lula elogia a Ferroviária: “Tá boa pra c…”

Crédito: Divulgação/Montagem

A notoriedade da Ferroviária em todo país ganhou destaque com a campanha surpreendente que vem fazendo no Paulistão, batendo de frente co Corinthians de Tite (empate por 2 a 2) e surpreendendo o Palmeiras em pleno Allianz Parque (vitória por 2 a 1), além de fazer bons jogos e mantendo uma consistência tática em todos eles. A repercussão foi tão grande que até o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva se rendeu ao futebol grená e elogiou muito o time.

LEIA MAIS:
EM ENCONTRO INÉDITO, FERROVIÁRIA RECEBE O SALGUEIRO PELA COPA DO BRASIL

Em investigação da Lava-Jato, o juiz Sérgio Moro divulgou vários áudios de grampos telefônicos de conversas de Lula, entre elas com a presidenta da República, Dilma Roussef, e com o Ministro de Comunicação, Edinho Silva. Na surpreendente conversa com Edinho, que é de Araraquara e articulou a parceria da Ferrinha com o Atlético-PR, o ex-presidente tratou de falar de um assunto muito curioso, o treinador Sérgio Vieira, comandante da Locomotiva.

Mostrando-se surpreso com o desempenho da equipe do interior, Lula fez diversos elogios ao português. Confira a transcrição da conversa e o áudio completo logo abaixo:

TRANSCRIÇÃO DA CONVERSA

LULA: Eu to te ligando por duas coisas: primeiro pra dizer que a Ferroviária tá boa pra c******, heim?
EDINHO: Você viu só? Te falei.
LULA: Não. E ontem eu vi uma entrevista do técnico da Ferroviária. Ele é português, né?
EDINHO: Trinta e três anos, presidente.
LULA: Ele é português. P****! Fiquei impressionado com a entrevista dele.
EDINHO: O cara é bom, é bom. Eu, quando eu conheci ele, eu jantei com ele um dia lá em Araraquara. Ele conversa com você sobre economia, sobre o processo migratório da Europa, sobre a crise econômica..
LULA: Como que ele foi parar na Ferroviária?
EDINHO: É o seguinte. A Ferroviária, só pra você lembrar, você vai lembrar, a antiga Villares foi comprada pela Inepar, lembra?
LULA: Eu lembro.
EDINHO: A Inepar, ela é do Paraná, o sócio da Inepar é o Atilano e o Mário Celso Petraglia (sic), que é.. que é o presidente do Atlético Paranaense. Então desde 2004, a Ferroviária tem uma parceria com o Atlético Paranaense. Eles põem os moleques da base, os moleques que eles querem amadurecer eles põem lá pra jogar na Ferroviária. Esse técnico, ele era um treinador sub-23 do Atlético Paranaense.
LULA: Ahn.
EDINHO: E o ano passado o Atlético fez lá uma parceria com o Guará, de Guaratinguetá, que o time tava caindo. Aí ele, com o time de moleque, não só tirou do rebaixamento como quase classificou. Aí, né, como tem a parceria, o Atlético indicou ele pra por na Ferroviária. Eles puseram onze jogadores e esse treinador.
LULA: Aham.
EDINHO: E o cara tá.. e o cara ta indo bem pra c*****, né?
LULA: P*** que o pariu, não.. e depois a cabeça dele é boa.
EDINHO: É boa, o dia que eu jantei com ele eu falei desse jeito pra ele, falei assim: Sérgio, você ainda vai treinar a seleção brasileira, eu não sei quando, mas você vai treinar. Eu falei para ele aproveitar essa oportunidade. Eu falei pra ele: no Brasil, você é um quadro em branco, aproveita essa oportunidade e constrói um bom perfil, faz diferente, faz diferentes dos treinadores que tão aqui. É bom, ele tem curso na UEFA.
LULA: Se você conversar com ele pode dizer que eu assisti a entrevista dele e gostei muito.
EDINHO: Um dia eu levo ele pra falar com você, você vai gostar muito, ele é muito bom.
LULA: Ele é um cara diferenciado.
EDINHO: E é um moleque bom. Muito bom.
LULA: E o time da Ferroviária tá jogando bonito.
EDINHO: E é só moleque, você viu? Só moleque. Tem um ou dois jogadores mais experientes só.
LULA: Aham. Tá bom, querido.
EDINHO: É bom.