Após primeira boa atuação, cruzeirenses celebram melhora

Lucas Bois/Light Press

O Cruzeiro bateu o Uberlândia por 3 a 0 na última terça, retornou à liderança do Mineiro e, finalmente, mostrou um princípio de bom futebol. E os atletas sabem disso: é só o começo, mas vale a pena celebrar.

Ariel Cabral, que marcou seu primeiro gol com a camisa da Raposa, foi um deles: “A equipe foi bem, teve a bola, bom posicionamento e atacou bem. O time foi muito agressivo e isso é importante. Chegou o dia do gol e estou feliz por isso. Estou um pouco mais adiantado, o Deivid pediu para atacar mais e consegui marcar o gol”, disse o argentino, que chegou ao Cruzeiro em 2015.

Fábio preferiu observar que o time foi constante durante todo o triunfo sobre o time do interior: “A equipe foi muito consistente desde o início do jogo, não oscilou com algumas vezes nos fizemos após marcar o gol, mantemos a mesma postura em busca de ampliar o marcador, criamos oportunidades, sem desguarnecer a defesa. A vitória foi com um saldo bastante positivo”, comentou.

Por fim, Rafael Silva disse que “vencer e convencer” era o que faltava ao elenco: “Acho que aconteceu o que estava faltando, a gente estava vencendo e não estava convencendo e dessa vez a gente conseguiu fazer mais gols, era o que estava faltando também, era o que o pessoal vinha cobrando então acho que convencemos com essa vitória.”

“A gente briga pela liderança sim, sabemos que é importante chegar na primeira posição por conta da vantagem na final, então temos que trabalhar em cima disso”, completou.

O Cruzeiro volta a jogar no domingo, novamente no Mineirão, contra o Villa Nova – às 16h.



Jornalista esportivo.