Após empate contra Trujillanos, Bauza começa a balançar no comando do São Paulo

Crédito da foto: Divulgação/São Paulo FC

O técnico Edgardo Bauza começa a balançar no comando do São Paulo, após empate empate com o Trujillanos, válido pelos dois últimos jogos da Copa Libertadores da América. Nos bastidores do Morumbi, o treinador argentino sofre pressão dos conselheiros do clube para ser demitido do cargo, conforme revela o jornalista Jorge Nicola em sua coluna no “Diário de São Paulo”.

LEIA MAIS:
LEVIR CULPI FALA SOBRE REFORÇOS E APONTA CARÊNCIAS NO ELENCO DO FLUMINENSE

Sendo que, nos últimos dois dias o presidente Leco vem recebendo várias mensagens para demitir o técnico Patón Bauza e buscar outro treinador. Um dos motivos que os conselheiros alegam é a oscilação que o São Paulo vem tendo nas últimas partidas do Campeonato Paulista e Copa Libertadores da América.

Atualmente, o São Paulo tem apenas 10% de chance de se classificar para a próxima fase da Copa Libertadores da América. O Tricolor do Morumbi também apresenta sua pior campanha da história na competição internacional em dezessete participações a equipe do Morumbi nunca havia passado do primeiro turno sem ao menos uma vitória.

Enquanto Edgardo Bauza balança no comando técnico do São Paulo, nesta sexta-feira o presidente Leco afastou o vice-presidente Ataíde Gil Guerreiro do departamento de futebol. A ideia do mandatário do Tricolor do Morumbi é reformular a diretoria de futebol e confia no treinador.



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com