5 motivos para você ouvir podcasts sobre futebol

Crédito da foto: Reprodução/ Facebook oficial Podcast 45 Minutos

Mesmo em ascensão no Brasil, o Podcast ainda é uma mídia restrita a poucos usuários. Por sinal, se você não sabe o que é um Podcast, é como um programa de rádio que é distribuído por completo via internet, ficando disponível para download a qualquer hora.

LEIA MAIS:
Aprova ou reprova: Convocação de Dunga para a seleção brasileira

Apesar de ser relativamente nova (pouco mais de 10 anos), tem crescido o número de adeptos da mídia, porém, o número de Podcasts e ouvintes relacionados ao futebol ainda não o torna uma mídia de massa. Por isto, abaixo segue uma lista de 5 motivos para você começar hoje aescutar um Podcast Futebolístico e, como dica, a cada motivo há uma indicação.

Confira a lista:

  1. MOBILIDADE

Uma das vantagens mais notórias da mídia Podcast é a possibilidade de ouvir o programa em qualquer lugar, a qualquer hora, e no dispositivo desejado. O ouvinte pode estar em outro estado, e mesmo assim ouvir um debate específico com times de sua região de origem. Ou então, utilizar-se dos deslocamentos diários para trabalho/escola, já que, ao contrário do streaming, este pode ser consumido mesmo sem conexão naquele momento. No caso do futebol, as chances de viajar em um horário diferente da sua resenha de rádio preferida, tornaria impossível de escuta-lo. Com o Podcast, isso estaria resolvido. | Trivela – Parceria do site Trivela com a Rádio Central 3 para falar de Futebol em todos os âmbitos.

2.  PODER DE ESCOLHA

Todo torcedor ao ouvir/assistir um programa nas mídias tradicionais já ficou se perguntando: “Que horas vão parar de falar do time A e vão falar do meu time?”. Esta é outra possibilidade que o Podcast fornece: O Poder de Escolha nas mãos do ouvinte. Ouvir apenas a parte do seu clube, sem ter de escutar todo o debate sobre o rival, é possível, já que ao fazer download daquela edição, o ouvinte recebe todo o programa de uma vez só, podendo pular, retroceder, pausar, entre outras funções. | Quatro em Campo – Apesar de ser veiculado diariamente ao vivo pela Rádio CBN, fica disponível como Podcast logo depois na internet.

3.  LIBERDADE

Você jamais verá um comentarista da Globo, por exemplo, dizer que um jogador é ruim, sem qualidade, etc. Também é dificílimo que algum jornalista esportivo assuma o time para o qual torce. Neste contexto, o Podcast se destaca por ter um papo mais solto, com maior proximidade entre participantes e ouvintes, sem as “amarras” que um grande conglomerado de mídia poderia causar. | 45 Minutos – Jornalistas de mídia impressa/online com um debate acalorado sobre o futebol Pernambucano. Vale destacar a brilhante cobertura feita na Copa 2014 nas edições de 23 até 39.

4.  QUALIDADE DE CONTEÚDO

Mesmo sendo uma mídia “anárquica” (qualquer um com um microfone e um computador pode fazer), o conteúdo esportivo para Podcast vem ganhando novos produtores de peso, como no caso já citado do 45 Minutos, onde todos são jornalistas do Diário de Pernambuco, entre outros mais específicos, como o PodcasTimão, feito por quatro jornalistas corinthianos. Com a entrada de mais jornalistas, é notório o acréscimo de credibilidade e qualidade às produções desta mídia. | Lado B da Bola – Também veiculado pela CBN, mas semanal, e em horário pouco acessível (Segundas, às 23h30m). A temática é o futebol fora do Brasil.

5.  OUVIR, REOUVIR E REOUVIR NOVAMENTE

Alguns programas especiais dão saudade. Imagina se o torcedor do Grêmio pudesse reouvir as edições históricas dos programas logo depois da final Atlético Nacional de Medellin, em 1995? Ou então, aquele compilado de narrações históricas que passaram uma vez na rádio e, se você não ouviu na hora, não ouvirá mais. No Podcast isso é possível pois os programas ficar arquivados na internet, podendo ser baixados mesmo bem depois de serem exibidos. | Esporte Final – Semanalmente falando de vários esportes mas, como bons brasileiros, a prioridade é o futebol.